Show simple item record

dc.contributor.advisorGuimaraes, Jorge Almeidapt_BR
dc.contributor.authorZanotto, Sônia Reginapt_BR
dc.date.accessioned2018-07-07T03:20:23Zpt_BR
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/180198pt_BR
dc.description.abstractAs competências institucionais dos institutos de pesquisa vinculadas ao Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) foram avaliadas, proporcionando uma visão do desenvolvimento científico destas unidades. Indicadores cientométricos quantitativos e qualitativos foram selecionados com o objetivo de avaliar o desempenho na produção científica e tecnológica dessas unidades no período 2011-2015. A metodologia utilizada mesclou dados fornecidos diretamente pelas unidades de pesquisa com dados bibliográficos coletados na base Web of Science (WoS), na Plataforma InCites e na base de Patentes do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Outros recursos de recuperação de informações como a Plataforma Lattes, a Plataforma Sucupira da CAPES e o Diretório dos Grupos de pesquisas do CNPq também foram utilizados. Os resultados apontam discrepâncias entre o tamanho, capacitação em recursos humanos, características operacionais, missão, produtividade e abrangência temática das unidades de pesquisa avaliadas. Os dados evidenciam desigualdades no desempenho técnico-científico, em que algumas unidades apresentam indicadores acima das médias do Brasil, enquanto outras apresentam resultados muito abaixo do esperado. Constatou-se que na maioria das unidades há insuficiente número de pesquisadores com doutorado, uma condição incompatível com a expectativa das respectivas missões. Tais situações estão agravadas nas unidades com desempenho insatisfatório. Embora haja grande dispersão de áreas científicas em estudo pelas unidades, foram identificadas unidades com bom desenvolvimento na produção científica e tecnológica em áreas competitivas. Apesar da destacada predominância de atuação de várias unidades em áreas de forte atrativo tecnológico (engenharias, química, geociências, física, computação, matemática, ciências espaciais, materiais e outras) observou-se a falta de engajamento com o meio industrial do que resulta o baixo número de patentes registradas por estas instituições. Observa-se também que mesmo naquelas unidades que possuem características favoráveis, como boa presença de pessoal quali-quantitavamente adequado, a existência de programas bem qualificados de pós-graduação e elevados índices de colaboração internacional o que usualmente proporciona, elevados índices de produtividade e impacto científico, ainda assim é pouco explorada a possibilidade de pesquisa relevante e de elevado interesse sócio-econômico-ambiental necessário para o desenvolvimento do país. Ao final, o estudo evidencia uma oportunidade para o MCTIC explorar vantajosamente as tendências positivas de algumas unidades para estimular o desenvolvimento da inovação tecnológica industrial nos institutos de pesquisa do Ministério.pt
dc.description.abstractThe institutional competencies of the research institutes linked to the Ministry of Science, Technology, Innovation and Communications (MCTIC) were evaluated, providing a vision of the scientific development of these units. Quantitative and qualitative scientiometric indicators were selected with the objective of evaluating the performance in the scientific and technological production of these units in the period 2011-2015. The methodology used included data provided directly by the research units with bibliographic data collected in the Web of Science (WoS) database and the InCites Platform and in the Patent database of the National Institute of Industrial Property (INPI). Other information retrieval resources such as the Lattes Platform, the CAPES Sucupira Platform and the CNPq Research Groups Directory were also used. The results point out discrepancies between the size, qualification in human resources, operational characteristics, mission, productivity and thematic coverage of the evaluated research units. The data show inequalities in the technical-scientific performance, in which some units present indicators above the Brazilian averages, while others present results that are much lower than expected. It was verified that in the majority of the units there are insufficient number of researchers with doctorate, a condition incompatible with the expectation of the respective missions. Such situations are aggravated in units with poor performance. Although there is a great dispersion of scientific areas under study by the units, units with good development in scientific and technological production in competitive areas were identified. In spite of the outstanding predominance of the performance of several units in areas of strong technological attractiveness (engineering, chemistry, geosciences, physics, computation, mathematics, space sciences, materials and others), the lack of engagement with the industrial environment justify the low number of patents registered by these institutions. It is also observed that even in those units that have favorable characteristics, such as a good presence of adequately qualified personnel, the existence of well-qualified postgraduate programs and high levels of international collaboration, which usually provides high productivity and impact rates in scientific research, the possibility of relevant research and of a high socio-economic-environmental interest necessary for the development of the country is still little explored. In the end, the study highlights an opportunity for MCTIC to advantageously exploit the positive trends of some units to stimulate the development of industrial technological innovation in the Ministry's research institutes.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectInformation scienceen
dc.subjectBrasil. Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicaçõespt_BR
dc.subjectAvaliação institucionalpt_BR
dc.subjectMCTICen
dc.subjectAcademias e institutospt_BR
dc.subjectResearch institutesen
dc.subjectInstitutional evaluationen
dc.subjectProdução científicapt_BR
dc.subjectCientometriapt_BR
dc.subjectScientometricsen
dc.titleAvaliação da qualificação institucional e da produção científica e tecnológica dos institutos do MCTICpt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.identifier.nrb001067018pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Ciências Básicas da Saúdept_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúdept_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2018pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record