Show simple item record

dc.contributor.advisorTarouco, Liane Margarida Rockenbachpt_BR
dc.contributor.authorSgobbi, Fabiana Santiagopt_BR
dc.date.accessioned2017-07-25T02:30:45Zpt_BR
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/164339pt_BR
dc.description.abstractA obesidade, atualmente, é um dos problemas mais importantes de Saúde Pública no Brasil e em outros países do mundo. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera que, atualmente ela seja o principal problema de saúde. O sucesso do tratamento das doenças crônicas, como é o caso da obesidade, depende, fortemente, da participação e do envolvimento do indivíduo, enquanto sujeito ativo de seu tratamento. O apoio por meio de ações educacionais, mediante evidências clínicas e/ou sensoriais, levou um maior comprometimento do indivíduo. Com o mesmo intuito, a Teoria da Autodeterminação vem embasar esta Tese. Existem seis tipos de motivação, os quais variam, qualitativamente, conforme a internalização das regulações externas para o comportamento, chamada de “contínuo de autodeterminação”. A tendência crescente da obesidade exige programas para perda de peso inovadores, com grande nível de personificação e interatividade. Embora os programas comportamentais com base no face a face provaram ser os mais eficazes, são caros, muitas vezes inacessíveis. O uso de metaverso (um tipo de mundo virtual) tem surgido como alternativa para realização de vários tipos de experiências, porque oferece ao usuário a sensação de realidade, permitindo, inclusive, a interação com objetos 3D. O Sistema de validação desta Tese agregou à tal ferramenta a sensação de interação humana, apoio social e engajamento com a utilização de agente conversacionais e pedômetro. Dessa forma adicionou a possibilidade de trabalhar tecnologias da Web, de metaverso e utilização de sensores que interagiram a fim de promover motivações, apoiando, diretamente, o envolvimento e aprendizagem, como subsídio de mudança de comportamento e ganhos em qualidade de vida, durante a pesquisa. Conclui-se que novas tecnologias de metaverso e agentes conversacionais, associados a um pedômetro, podem ensejar a motivação de sujeitos obesos para o autocuidado e a perda de peso - vislumbra-se uma nova e provocante maneira de ofertar motivação para mudança de comportamento.pt_BR
dc.description.abstractObesity is currently one of the most important public health problems in Brazil and in other countries of the world. The World Health Organization (WHO) believes that it is currently the main health problem. The success of treating chronic diseases, such as obesity, depends heavily on the participation and involvement of the individual as an active subject of treatment. Support through educational actions, through clinical and / or sensorial evidence, led to a greater commitment of the individual. With the same intention, the Theory of Self-determination supports this thesis. There are six types of motivation, which vary, qualitatively, according to the internalization of external regulations for behavior, called the "self-determination continuum". The growing trend of obesity requires innovative weight loss programs with a high level of personification and interactivity. Although face-to-face behavioral programs have proven to be the most effective, they are expensive, often inaccessible. The use of metaverse (a virtual world type) has emerged as an alternative to perform various types of experiments, because it offers the user a sense of reality, allowing interaction with 3D objects. The validation system of this thesis has added to the tool the sensation of human interaction, social support and engagement with the use of conversational agents and pedometers. In this way, he added the possibility of working with Web technologies, metaverse and the use of sensors that interacted in order to promote motivations, directly supporting the involvement and learning, as a subsidy of behavior change and gains in quality of life during the research. It is concluded that new metaverse technologies and conversational agents, associated with a pedometer, can lead to the motivation of obese subjects for self-care and weight loss - a new and provocative way of offering motivation to change behavior is envisaged.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectMetaverseen
dc.subjectObesidadept_BR
dc.subjectObesityen
dc.subjectSaúdept_BR
dc.subjectSelf-determinationen
dc.subjectTecnologiapt_BR
dc.subjectAutocuidadopt_BR
dc.titleExplorando autodeterminação, utilizando novas tecnologias para ensejar autocuidado em obesospt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.contributor.advisor-coReategui, Eliseo Bernipt_BR
dc.identifier.nrb001027116pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentCentro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educaçãopt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Informática na Educaçãopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2017pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record