Show simple item record

dc.contributor.advisorSouza, Jusamara Vieira dept_BR
dc.contributor.authorVieira, Alexandrept_BR
dc.date.accessioned2017-06-01T02:36:12Zpt_BR
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/158931pt_BR
dc.description.abstractO trabalho objetiva compreender as trajetórias formativas de estudantes do Curso Técnico em Instrumento Musical, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – Campus Fortaleza. Desdobraram-se do problema proposto as seguintes questões: que caminhos conduzem os estudantes ao curso? O que lá buscam e o que lá encontram? E, por fim, o que levam dessa experiência formativa? Situado na temática da formação profissional em música (MORATO, 2009), partindo de uma abordagem qualitativa (BRESLER, 2000; MELUCCI, 2005; STAKE, 2011) e apoiado na Sociologia da Educação Musical (SOUZA, 2004; 2008), bem como na Sociologia do Cotidiano (PAIS, 2003; 2005), este trabalho envolveu a realização de um estudo de caso (BOGDAN; BIKLEN, 1994; YIN, 2005; GIL, 2009), no qual foram investigadas as trajetórias formativas de oito estudantes desse curso. Os principais conceitos e teorias articulados na elucidação das questões de pesquisa são as noções de profissão musical (TRAVASSOS, 1999; 2005; SEGNINI, 2007; 2008; LUDOVICO, 2007; COLI, 2006); vocação (ADENOT, 2010); trajetória (PAIS, 2005); teoria da ação humana (SCHUTZ, 1979); socialização (BOURDIEU, 2005; LAHIRE, 2008; SETTON, 2008, 2010); individuação (ELIAS, 1994; LAHIRE, 2001; MARTUCCELLI apud SETTON, 2013); campo e habitus (BOURDIEU, 1996; 2004; 2005); espaço social; estratégias e táticas de ação (CERTEAU, 1994). Dentre os principais achados de pesquisa, verificou-se que, apesar de possuírem um histórico de envolvimento com práticas musicais diversas, grande parte dos estudantes investigados encontrou no curso sua primeira experiência de aprendizagem orientada. Assim, as socializações musicais vividas no mundo cotidiano cumprem um papel decisivo na formação musical e nos consequentes projetos profissionais desses sujeitos. Dentre os movimentos significativos observados, encontram-se aqueles que parecem subverter uma hierarquia sequencial de posições socialmente naturalizadas, dentro dos sistemas de formação. No que diz respeito à análise das trajetórias individuais, verificou-se que cada estudante parte de um ponto diferente, tendo motivos, razões e expectativas distintas. Portanto, fazer um curso, aos moldes de um Curso Técnico em Instrumento Musical, está relacionado ao fluxo da construção do ser músico para cada um dos agentes investigados. Esse seria um projeto com aparente menor compromisso, sobretudo quando comparado a uma graduação em música. Porém, observou-se que se trata de um potencializador de aquisição de considerável capital simbólico – materializado no diploma e simbolizado no domínio da leitura e escrita musical, ministrado por um corpo de profissionais reconhecidos e certificados para tal, dentro de uma instituição também reconhecida e valorizada socialmente como ambiente formador. Espera-se que a presente pesquisa possa contribuir para um maior entendimento acerca dos processos de formação profissional no campo da música, especialmente nos cursos técnicoprofissionais de nível médio.pt_BR
dc.description.abstractThis study aims at understanding the formative trajectory of students of the Technical Course in Musical Instrument, of Federal Institute of Education, Science and Technology of Ceará - Fortaleza Campus. The following issues were developed from the proposed problem: what paths do students take to the course? What do they seek there and what do they find there? And, finally, what leads from this formative experience? Situated on the theme of professional education in music (MORATO, 2009), starting from a qualitative approach (BRESLER, 2000; MELUCCI, 2005; STAKE, 2011) and supported in the Sociology of Music Education (SOUZA, 2004; 2008), as well as in the Sociology of Daily Life (PAIS, 2003; 2005), this study involved a case study (BOGDAN; BIKLEN, 1994; YIN, 2005; GIL, 2009), in which the formative trajectories of eight students of this course were investigated. The main concepts and theories articulated in the elucidation of research questions are the notions of musical profession (TRAVASSOS, 1999, 2005, SEGNINI, 2007, 2008, LUDOVICO, 2007, COLI, 2006); Vocation (ADENOT, 2010); Trajectory (PAIS, 2005); Theory of human action (Schutz, 1979); Socialization (BOURDIEU, 2005; LAHIRE, 2008; SETTON, 2008, 2010); (ELIAS, 1994; LAHIRE, 2001; MARTUCCELLI apud SETTON, 2013); Field and habitus (BOURDIEU, 1996; 2004; 2005); Social space; Strategies and tactics of action (CERTEAU, 1994). Among the main research findings, it was verified that, despite having a history of involvement with diverse musical practices, most of the students investigated found their first experience of oriented learning in the course. Thus, the musical socializations lived in the everyday world play a decisive role in the musical training and in the consequent professional projects of these subjects. Among the significant movements observed are those who seem to subvert a sequential hierarchy of naturalized social positions within training systems. As for the analysis of the individual trajectories, it was verified that each student departs from a different point, having different causes, reasons and expectations. Therefore, to take a course, in the format of a Technical Course in Musical Instrument, is related to the flow of the construction of being a musician for each one of the investigated agents. This would be a project with seemingly less commitment, especially when compared to a degree in music. However, it was observed that this is a motivating factor for the acquisition of considerable symbolic capital - materialized in the diploma and symbolized in the field of musical reading and writing, taught by a group of professionals recognized and certified for this, within an institution also recognized and Valued socially as a training environment. It is hoped that the present research may contribute to a better understanding of the professional training processes in the field of music, especially in the medium-level technical-professional courses.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectProfessional education in musicen
dc.subjectMúsicapt_BR
dc.subjectTechnical education in musicen
dc.subjectFormação profissionalpt_BR
dc.subjectEnsino técnicopt_BR
dc.subjectFormative trajectoriesen
dc.subjectTrajetórias formativaspt_BR
dc.subjectMusical professionen
dc.subjectProfissãopt_BR
dc.titleTrajetórias formativas profissionais em música : um estudo com estudantes do curso técnico em Instrumento Musical do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Cearápt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.identifier.nrb001023060pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Artespt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Músicapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2017pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record