Show simple item record

dc.contributor.advisorMarques, Tânia Beatriz Iwaszkopt_BR
dc.contributor.authorFigueiredo, Letícia Schmarczekpt_BR
dc.date.accessioned2016-04-26T02:08:01Zpt_BR
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/139594pt_BR
dc.description.abstractO presente artigo procura analisar a função do tutor de sede no atendimento às necessidades dos alunos na Educação a Distância por meio de teoria desenvolvida pelo psicanalista D. W. Winnicott, mais especificamente a partir do conceito de “mãe suficientemente boa”. O trabalho investiga a influência dessa função na construção de um espaço potencial, importante para o desenvolvimento das aprendizagens. A coleta de dados se deu por meio do envio de questionário às alunas do curso de Pedagogia do Pólo de São Leopoldo do Programa de Educação a Distância da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PEAD/UFRGS), via correio eletrônico. Foram analisadas as respostas de dezesseis alunas. O estudo deixou claro que as funções psíquicas, apresentadas na constituição subjetiva do sujeito, estão presentes nos processos de ensino e de aprendizagem e devem ser consideradas também na Educação a Distância, principalmente quando pensamos no papel fundamental do tutor fazendo a ponte entre professor e aluno, entre teoria e prática.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectTutoriapt_BR
dc.subjectEnsino à distânciapt_BR
dc.titleTutoria de sede na educação a distância : o olhar discentept_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de especializaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000990268pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.dateCurso de Especialização em Tutoria Em Educação a Distância ESPEADpt_BR
dc.degree.levelespecializaçãopt_BR
dc.degree.specialization2010.pt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record