Show simple item record

dc.contributor.advisorTrindade, Hélgio Henrique Cassespt_BR
dc.contributor.authorMachado, Dulphe Pinheiropt_BR
dc.date.accessioned2012-11-21T01:50:46Zpt_BR
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/61182pt_BR
dc.description.abstractEsta dissertação estuda a formação da frente única no movimento estudantil gaúcho entre católicos e comunistas no início da década de 1960. Além disso, aborda a militância, o recrutamento e as disputas internas em ambos movimentos. Pelo lado dos católicos, o estudo se inicia na mudança das doutrinas da Igreja Católica que vão desembocar na formação da Ação Católica (AC) no Brasil. A partir da AC se ramificam diversos movimentos laicos, entre eles a Juventude Universitária Católica (JUC) que vai dar origem à Ação Popular. No Rio Grande do Sul, a Ação Popular foi formada por estudantes egressos do colégio Anchieta e por estudantes da JUC. O contato desse grupo com militantes comunistas, além da influência política da revolução cubana e da ascensão de movimentos populares no Brasil e em outros lugares do mundo, inspira a formação de uma frente única no movimento estudantil. Pelo lado dos comunistas, a dissertação se prende às mudanças das diretrizes políticas ditadas pela Internacional Comunista em diversos momentos da história que vão ter reflexo na política interna de alianças do Partido Comunista Brasileiro e por conseqüência, no movimento estudantil universitário.pt_BR
dc.description.abstractThis work concerns the formation of the united front which involved two crusades -­‐ a catholic and a communist -­‐ inside the students' movement of Rio Grande do Sul in the beginning of the 1960’s. Furthermore, it discusses militancy, recruitment, and internal disputes in both movements. The case-­‐study first aproaches the changes in the Catholic Church doctrines which are responsible for a later transformation in the Catholic Action in Brazil. From that organization derived laical movements such as the Catholic Universitary Youth which gave birth to the Popular Action movement. That group of students formed a united front with communists and independent students. They were all inspired by the Cuban Revolution and deeply influenced by the communist doctrine. The present work analyzes how social and political contexts gave shape to that very aliance between communists and catholics.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectHistória políticapt_BR
dc.subjectMovimento estudantilpt_BR
dc.subjectMovimentos sociaispt_BR
dc.subjectMilitância políticapt_BR
dc.subjectComunistaspt_BR
dc.subjectCatolicismopt_BR
dc.subjectRio Grande do Sulpt_BR
dc.titleA "frente única" do movimento estudantil gaúcho : católicos e comunistaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000861851pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Ciência Políticapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2010pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record