Show simple item record

dc.contributor.advisorLopes, Fernando Diaspt_BR
dc.contributor.authorCarneiro, Joselma Mendes de Sousapt_BR
dc.date.accessioned2012-05-08T01:23:16Zpt_BR
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/40330pt_BR
dc.description.abstractA análise do contexto atual, mais detidamente com relação às profundas mudanças por que vem passando o sindicalismo brasileiro, evidencia, em alguns momentos, uma atuação sem muita repercussão ou prestígio junto aos servidores e ao governo. Por outro lado, surge uma nova forma de resolução de conflitos, a negociação coletiva, que vem sendo introduzida por entidades do governo federal em conjunto com os sindicatos dos servidores. Como meio mais atual e uma opção mais viável em detrimento da greve, a negociação coletiva ganha cada vez mais espaço, no entanto é preciso que se ofereçam condições favoráveis para seu desenvolvimento, proporcionando ao servidor o pleno exercício de seu direito de reivindicar do Estado empregador, direitos que são essenciais para o fiel cumprimento de sua missão de bem servir a população, demonstrando a necessidade premente que os servidores estejam bem informados, conheçam e compreendam esse instrumento, donde se percebe a relevância prática desse estudo. O conhecimento desses instrumentos é de crucial importância para todos os servidores públicos, pois influencia diretamente na sua vida funcional e econômica dentro da instituição, ditando o modo como os problemas de sua classe serão abordados e resolvidos com vistas a prejudicar o mínimo possível, o bom andamento do serviço colocado à disposição dos cidadãos. Este trabalho teve como objetivo principal analisar o nível de conhecimento e envolvimento dos servidores do IFPB – Campus Sousa, com a questão sindical, com o processo de luta pelos direitos da classe, bem como a utilização da negociação coletiva para esse fim. Além disso, buscou identificar as principais dificuldades de aproximação do servidor com o sindicato de sua categoria e o impacto sentido pelo servidor na utilização da negociação coletiva no setor público federal, assim como sua percepção sobre as mudanças ocorridas no sentido de trazer mais eficácia às atividades da instituição. Ao fim da pesquisa, foi possível constatar que apesar de a grande maioria dos respondentes serem sindicalizados, esse fato não importa numa verdadeira conscientização do papel do sindicato no enfrentamento e solução de questões referentes ao trabalho, no âmbito público, bem como se percebeu que os servidores de um modo geral não estão a par de todas as alterações sociais e legais que influenciam sua atividade, não sendo capazes de analisar e contribuir criticamente para as mudanças que foram e que vão ser implementadas. Como resultado prático entende-se que, essa constatação importa na responsabilidade de levar esses conhecimentos ao maior número possível de servidores e reivindicar da Coordenação Sindical local, bem como de sua representação estadual e Federal, a socialização das informações e a existência de capacitação para a negociação.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectNegociação coletivapt_BR
dc.subjectSindicatospt_BR
dc.subjectServiço públicopt_BR
dc.subjectConflito trabalhistapt_BR
dc.titleImportância da negociação coletiva como meio de resolução de conflitos : envolvimento dos servidores do IFPBpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de especializaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000795015pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentEscola de Administraçãopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date[2010]pt_BR
dc.degree.levelespecializaçãopt_BR
dc.degree.specializationCurso de Especialização em Negociação Coletiva a Distânciapt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record