Show simple item record

dc.contributor.advisorHeuser, Maria Cristina Faccionipt_BR
dc.contributor.authorNeves, Juliana Daliborpt_BR
dc.date.accessioned2011-08-16T06:01:29Zpt_BR
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/31132pt_BR
dc.description.abstractA maioria das lesões nervosas periféricas em humanos, afeta a extremidade superior e o maior aspecto incapacitante dessa lesão é a perda dos movimentos da mão. As lesões do plexo braquial apresentam um índice de morbidade elevado que é representado por graves sequelas sensorio-motoras devido à fibrose que se desenvolve ao longo do tempo após a lesão. Evidências indicam que o tipo e a intensidade da atividade física induzem o remodelamento morfológico e eletrofisiológico da junção neuromuscular influenciando no reparo do nervo. No presente trabalho, um programa de treinamento de equilíbrio e coordenação, de repetição na esteira e uma associação desses treinamentos foram utilizados, por 4 semanas, após a lesão por esmagamento do nervo mediano em ratos para verificar a influência dessas atividades sobre os parâmetros morfométricos do nervo lesionado (área axonal, densidade axonal, diâmetro das fibras mielinizadas, diâmetro axonal e espessura da bainha de mielina da porção distal do nervo mediano), além de analisar a recuperação funcional dos membros anteriores lesados. Análises histológicas e morfométricas do nervo mediano foram utilizadas para avaliar a regeneração do nervo no final do tratamento. Os resultados do teste de motricidade sobre grade revelaram que houve uma recuperação funcional acelerada em todos os grupos lesionados após lesão do plexo braquial. No teste de suspensão no arame e no teste do cilindro, entretanto, os grupos tratados não apresentaram diferença significativa comparada ao grupo controle. O treinamento de equilíbrio e coordenação mostrou melhores resultados comparado ao treinamento de repetição e a associação dos treinamentos para a densidade axonal e o diâmetro axonal igualando-se estatisticamente aos resultados do grupo sham sedentário. Esses dados fornecem evidências de que o treinamento de equilíbrio e coordenação acelerou a regeneração do nervo mediano após lesão traumática experimental, apesar dos testes funcionais não demonstrarem diferenças entre os tratamentos.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectNervo mediano : Lesõespt_BR
dc.subjectExercício físicopt_BR
dc.subjectRegeneração nervosapt_BR
dc.subjectSistema nervoso periféricopt_BR
dc.titleEfeitos de diferentes protocolos de treinamento físico sobre a função e morfologia do nervo mediano de ratos após protocolo de lesão por esmagamentopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000782239pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Ciências Básicas da Saúdept_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Neurociênciaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2011pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record