Show simple item record

dc.contributor.advisorPassuello, Ana Carolina Badalottipt_BR
dc.contributor.authorLeichter, Michelle Zanettinipt_BR
dc.date.accessioned2023-02-07T05:01:33Zpt_BR
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/254167pt_BR
dc.description.abstractAtividades urbanas, como o transporte, são responsáveis por grande parte das emissões relacionadas à energia. Nesse cenário, cidades estão gradativamente aderindo a políticas sustentáveis. Tais esforços devem ser apoiados por informações quantitativas confiáveis sobre os impactos ambientais. A técnica de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) é capaz de gerar informações direcionadas a atingir esse objetivo. No entanto, deve ser destacada a complexidade inerente de análises em escala urbana, que consideram simultaneamente as características territoriais e os padrões de produção-consumo. Por isso, buscando promover um ambiente de simulação amplo, a ACV pode ser associada a outras ferramentas, como sistema de informações geográficas (SIG). A presente pesquisa visa propor uma estratégia dinâmica de diagnóstico e prognóstico futuro do desempenho ambiental do transporte por ônibus, considerando especificidades territoriais e diferentes cenários de mitigação. Assim, é apresentada uma estrutura metodológica composta por um framework visando otimizar a integração territorial junto à avaliação ambiental. O framework é proposto e subsequentemente testado em um estudo de caso no transporte coletivo por onibus na cidade de Porto Alegre considerando transições da frota a partir da sua eletrificação. Os resultados mostram uma diminuição dos impactos ambientais potenciais até 2050 com a introdução de veículos elétricos e a transição para uma matriz nacional mais limpa. Ainda, destaca-se que dentre os cenários analisados, EL1, apresenta o maior potencial de redução (85,5%), uma vez que no mesmo ocorre, a partir de 2029, a substituição total de ônibus convencional por elétrico, demonstrando diminuição considerável dos impactos associados a mudanças climáticas. Finalmente, é perceptível que, para conduzir uma ACV para apoiar a tomada de decisões em sistemas urbanos, é necessária uma abordagem detalhada considerando que as variáveis tecnológicas interagem com o contexto territorial e mudanças de políticas públicas.pt_BR
dc.description.abstractUrban activities, such as transportation, are responsible for many energy-related emissions. In this scenario, cities are gradually adhering to sustainable policies. Such efforts must be supported by reliable quantitative information on environmental impacts. The technique of Life Cycle Assessment (LCA) can generate information aimed at achieving this goal. However, the inherent complexity of urban-scale analyses, which simultaneously consider territorial characteristics and productionconsumption patterns, must be highlighted. Therefore, seeking to promote a broad simulation environment, LCA can be associated with other tools, such as geographic information systems (GIS). Thus, the present research aims to propose a dynamic strategy for diagnosis and future prognosis of the environmental performance of bus transportation, considering territorial specificities and different mitigation scenarios. Thus, a methodological structure comprises a framework that optimizes territorial integration with environmental assessment. The proposed framework is subsequently tested in a case study on public bus transportation in Porto Alegre, considering fleet transitions after its electrification. The results show a decrease in impact by 2050 with the introduction of electric vehicles and the transition to a cleaner national matrix. Still, it is noteworthy that among the scenarios analyzed, EL1, presents the most significant potential for reduction (85.5%), since, in this scenario, from 2029 onwards, the total replacement of conventional buses by electric ones demonstrates a considerable reduction of the impacts associated with GWP. Finally, it is perceptible that in order to conduct an LCA to support decision-making in urban systems, a detailed approach is necessary, considering that technological variables interact with the territorial context and public policy changes.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectTransporte público urbanopt_BR
dc.subjectLife cycle assessmenten
dc.subjectTransporte : Aspectos ambientaispt_BR
dc.subjectFleeten
dc.subjectAvaliação do ciclo de vidapt_BR
dc.subjectUrban transporten
dc.subjectElectric vehiclesen
dc.subjectSistemas de Informação Geográfica (SIG)pt_BR
dc.subjectPublic policyen
dc.subjectGeographic information systemsen
dc.subjectEmissionen
dc.titleAvaliação do ciclo de vida na transição do transporte público urbano de ônibus convencionais para elétricos em Porto Alegrept_BR
dc.title.alternativeLife cycle assessment in the transition of urban public transport from conventional buses to electric buses in Porto Alegre en
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001159670pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentEscola de Engenhariapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civil: construção e infraestruturapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2022pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record