Show simple item record

dc.contributor.advisorPapi, Luciana Pazinipt_BR
dc.contributor.authorSantos, Diogo Luiz Pilz dospt_BR
dc.date.accessioned2019-11-22T04:02:49Zpt_BR
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/201979pt_BR
dc.description.abstractA efetivação de políticas públicas no Brasil é uma tarefa complexa que exige recursos, aprendizado institucional e interesse político. Este estudo objetiva analisar a presença da intersetorialidade na implementação do serviço Estratégia Saúde da Família, no município de Santa Cruz do Sul – RS, tendo como foco de análise os elementos institucional, profissional e social que permeiam essa tarefa. Esta pesquisa se caracteriza como um estudo de caso, de natureza exploratória e descritiva, utilizando técnicas qualitativas por meio de buscas bibliográficas e documentais. Os resultados encontrados indicam que não há presença de ações intersetoriais na execução do programa. O que se observa nos planos municipais avaliados é a perspectiva, a intenção e o entendimento dessas integrações multidisciplinares, porém, sem um mediador que pudesse conectar as distintas secretarias e ser o responsável pela articulação entre esses departamentos. Portanto, existe a compreensão intersetorial, mas falta um intermediário com competências executivas para concretizar as ações.pt_BR
dc.description.abstractThe implementation of public policies in Brazil is a complex task that requires resources, institutional learning and political interest. This study aims to analyze the presence of intersectoriality in the implementation of the Family Health Strategy service, in the city of Santa Cruz do Sul, RS. The main focus of the work is on the institutional, professional and social elements that are involved throughout this task. This research is characterized as an exploratory and descriptive case study, which uses qualitative techniques through bibliographical and documentary research. The results indicate that there is no presence of intersectoral actions in the execution of the program. Perspective, intention and understanding of these multidisciplinary integrations are present in the municipal plans. However, there is no mediator to connect the different secretariats and take responsibility for the articulation between these departments. Therefore, there is intersectoral understanding, but a lack of an intermediary with executive competencies who can accomplish intersectoral actions.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectAdministração públicapt_BR
dc.subjectPublic policyen
dc.subjectEstratégia saúde da famíliapt_BR
dc.subjectImplementationen
dc.subjectPolítica públicapt_BR
dc.subjectIntersectorialityen
dc.subjectFamily Health Strategy Programen
dc.titleIntersetorialidade na implementação da Estratégia Saúde da Família no município de Santa Cruz do Sul - RSpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de especializaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001105787pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentEscola de Administraçãopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2019pt_BR
dc.degree.levelespecializaçãopt_BR
dc.degree.specializationCurso de Especialização em Gestão Pública UABpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record