Show simple item record

dc.contributor.advisorSant'Ana, Marilaine de Fragapt_BR
dc.contributor.authorAzevedo, Danielle Santospt_BR
dc.date.accessioned2010-01-07T04:15:40Zpt_BR
dc.date.issued2009pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/18221pt_BR
dc.description.abstractMuitos professores consideram o erro como um passo negativo e, muitas vezes, inaceitável por parte dos alunos. Em alguns casos, isso se deve ao fato de que durante o período escolar desses professores, a avaliação era realizada de uma forma classificatória e autoritária, não permitindo um acompanhamento diferenciado nas análises dos erros cometidos pelos alunos (HOFFMANN, 2006, p. 12). O erro jamais era visto como algo altamente necessário para o desenvolvimento de cada indivíduo. Quem já não escutou a frase "é errando que se aprende"? Pois é exatamente esse assunto que será abordado neste trabalho. Serão retratadas as distintas formas que os educadores podem analisar os erros que seus alunos fazem nas atividades desenvolvidas a fim de melhorar o ensino de matemática, tornando-o mais agradável. Além disso, devido a essa concepção negativa do erro que pode ser levada em conta por alguns professores e, também, a metodologias que privilegiam a memorização, a mecanização e a repetição, os alunos, muitas vezes, não gostam de estudar matemática, por não encontrarem sentido e significado nas atividades que realizam. Logo, a análise de erros precisa estar acompanhada de uma metodologia diversificada e dinâmica. As ilustrações de erros que serão apresentadas ao longo deste trabalho foram coletadas durante minhas práticas docentes enquanto aluna da UFRGS. A Universidade, com algumas das disciplinas oferecidas, pode me proporcionar essa percepção, de como a análise de erros é importante para o ensino e aprendizagem de matemática. Com a compreensão do que levou determinado estudante a cometer o erro, torna-se mais fácil elaborar atividades que visem trabalhar melhor as dificuldades dos alunos, uma vez que há mais probabilidade de detectar qual parte do conteúdo em questão não está sendo entendido pelo aluno.pt_BR
dc.description.abstractMany teachers consider the error as a negative step and often unacceptable by the students. In some cases this is due to the fact that during the life school teachers, evaluation was performed in a graded and authoritarian, not closely monitored, allowing the analysis of mistakes made by students (HOFFMANN, 2006, p. 12). The error was never seen as much needed for the development of each individual. Who has not heard the sentence "is missing you learn? It is exactly this issue to be addressed in this final work. Be portrayed the different ways that educators can analyze the errors that their students do the undertaken to improve the teaching of mathematics, making it more enjoyable. Moreover, because of this negative conception of the error that can be taken into account by some teachers and also the methodologies that emphasize memorization, the mechanization and repetition, students often do not like to study mathematics, for not meeting sense and meaning in the activities they carry. Therefore, the error analysis must be accompanied by a diverse and dynamic methodology. The illustrations of errors that will be presented throughout this final work were collected during my teaching practices as a student at UFRGS. The University, with some of the courses offered, can in the activities they carry, how the error analysis is important for teaching and learning of mathematics. With the understanding of that particular student took the mistake, it becomes easier to develop activities aimed at better addressing students' difficulties, since there are more likely to detect which part of the content in question is not understood by the student.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectAnalysis of errorsen
dc.subjectAnálise de errospt_BR
dc.subjectEducation of mathematicsen
dc.subjectEnsino de matematicapt_BR
dc.titleAnálise de erros matemáticos: interpretação das respostas dos alunospt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000728054pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Matemáticapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2009pt_BR
dc.degree.graduationMatemática: Licenciaturapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record