Show simple item record

dc.contributor.advisorRobaina, Luis Eduardo de Souzapt_BR
dc.contributor.authorSccoti, Anderson Augusto Volpatopt_BR
dc.date.accessioned2017-05-17T02:36:01Zpt_BR
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/158054pt_BR
dc.description.abstractA utilização massiva dos recursos naturais na atualidade, gera como uma de suas consequências, uma vasta depreciação dos componentes bióticos e abióticos que compõe o planeta Terra. A Bacia Hidrográfica do Rio Santa Maria possui uma diversidade fisiografica e constantemente vem sofrendo alterações ocasionadas pelas atividades antrópicas. Há uma demanda, por parte de educadores, técnicos e gestores da região, de informações ligadas a questão ambiental, de forma espacializada e georreferenciada. O presente trabalho possui como objetivo geral analisar e elaborar uma proposta de zoneamento geoambiental, utilizando métodos de mapeamentos automáticos na definição dos parâmetros naturais que servem como base para o estudo e zoneamento geoambiental. A metodologia está baseada na proposta metodológica para zonemanento Geoambiental desenvolvida por Trentin e Robaina 2005, porém como inovação nesse trabalho, optou-se por utilizar a avaliação do relevo através dos Geomorphons os quais serviram de base para a definição de compartimentos do relevo que cruzados com informações referentes a solo e litologias, originaram um mapa com informações fisiográficas. Através da interpolação do mapa fisiográfico com o mapa de uso e ocupação se obteve o mapa geoambiental. Nos resultados foram apresentadas informações sobre a morfometria da área em estudo, também foram definidas três unidades litológicas, três unidades simplificadas de solo, quatro compartimentos de relevo, quatorze unidades fisiográficas, seis classes de uso e ocupação do solo, ainda sete Sistemas e doze Unidades Geoambientais com isso foi possível definir e discutir sobre as potencialidades e suscetibilidades. A elaboração do zoneamento geoambiental, com base na definição de potencialidades e suscetibilidade, são delimitadas a partir de caracteristicas homogeneas da área de estudo, é uma importante ferramenta para avaliação e compreensão das alterações ambientais. Dessa forma, foi elaborado um diagnóstico, no qual foram apresentadas caracteristicas naturais e antrópicas da Bacia Hidrográfica do Rio Santa Maria.pt_BR
dc.description.abstractThe massive use of natural resources, generates as one of its consequences, a vast depreciation of the biotic and abiotic components that make up the planet Earth. The Santa Maria River Basin has a physiographic diversity and is constantly undergoing changes caused by anthropic activities. There is an existent demand, by educators, technicians and managers of the region, of information related to different topics in a spatialized and georeferenced. The present work has as general objective to analyze and elaborate a proposal of geoenvironmental zoning, using automatic mapping methods in the definition of the natural parameters that serve as the basis for geoenvironmental study and zoning. The methodology is based on the methodological proposal for Geoenvironmental zonemanento developed by Trentin and Robaina 2005, but as innovation in this work, it was decided to use the evaluation of the relief through the Geomorphons which served as the basis for the definition of relief compartments that crossed with Information on soil and lithologies, originated a map with physiographic information. Through the interpolation of the physiographic map with the map of use and occupation the geoenvironmental map was obtained. The results were presented with information on the morphometry of the study area, three lithologic units were defined, three simplified soil units, four relief compartments, fourteen physiographic units, six use classes and soil occupation, seven systems and twelve units Geoenvironmental with this it was possible to define and discuss about the potentialities and susceptibilities. The elaboration of geoenvironmental zoning, based on the definition of potentialities and susceptibility, are delimited from homogeneous characteristics of the study area, is an important tool for evaluation and understanding of environmental changes. In this way, a diagnosis was elaborated, in which natural and anthropic characteristics of the Santa Maria River Basin were presented.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectRiver basinen
dc.subjectBacia hidrograficapt_BR
dc.subjectZoneamento ambientalpt_BR
dc.subjectPhysiographic studyen
dc.subjectGeoenviromental zoningen
dc.titleEstudo e zoneamento geoambiental com auxilio de sig na bacia hidrográfica do Rio Santa Maria: sudoeste do Estado Do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.identifier.nrb001020814pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2017pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record