Show simple item record

dc.contributor.advisorTraversini, Clarice Saletept_BR
dc.contributor.authorAzevedo, Pâmela Silveira dept_BR
dc.date.accessioned2017-02-24T02:25:01Zpt_BR
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/153028pt_BR
dc.description.abstractA presente pesquisa teve, como objetivo, analisar algumas situações do cotidiano escolar que escapam às avaliações em larga escala, evidenciando a importância das avaliações em sala de aula no processo de alfabetização. Caracteriza-se como uma pesquisa de caráter qualitativo, feita a partir de um estudo de caso que teve, como ferramenta de pesquisa, a análise documental de três diários de classe produzidos por três professoras alfabetizadoras durante o estágio obrigatório do curso de Pedagogia. Foi empregada, como metodologia de análise dos dados, a Análise Textual Discursiva, a partir da qual foram destacados fragmentos dos textos e estabelecidos focos de análise. A partir da análise dos documentos, foi possível constatar que os seguintes aspectos escapam às avaliações em larga escala: a) a diferenciação de ensino acontece em decorrência da possível heterogeneidade de uma turma, pois os alunos têm diferentes experiências, vivências e características, que podem resultar em diferentes ritmos de aprendizagem, os quais não são contemplados em uma avaliação em larga escala. b) a avaliação considerando os incluídos que, assim como os alunos ditos "normais", são sujeitos distintos e exigem um olhar atento a seus limites e potencialidades. As avaliações em larga escala não conseguem dar conta das especificidades da inclusão, tanto por desconsiderarem as possíveis diferenças no ritmo de aprendizagem, quanto por não contemplarem esses alunos na forma como é realizado o teste de desempenho. c) a avaliação, como processo, não é considerada nas avaliações em larga escala, uma vez que essas dão visibilidade ao resultado. Nesse caso, as conquistas e os avanços significativos, para o indivíduo, não são considerados. Portanto, as avaliações em larga escala, com o objetivo de apresentar um panorama geral sobre o ensino/aprendizagem, não conseguem contemplar aspectos complexos, específicos e individuais do cotidiano escolar, os quais permeiam a aprendizagem. Desta forma, destaca-se a importância e o papel das avaliações realizadas em sala de aula, que devem ser pensadas com intencionalidade de acompanhamento do processo de alfabetização dos estudantes. Assim, as avaliações em larga escala têm seu papel e sua importância, como também as avaliações em sala de aula são importantes e precisam ser consideradas no processo de aprendizagem e no desempenho dos estudantes.pt
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectAvaliaçãopt_BR
dc.titleO que escapa às avaliações de larga escala? a importância das avaliações de sala de aulapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001013738pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2016pt_BR
dc.degree.graduationPedagogia: Licenciaturapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record