Show simple item record

dc.contributor.advisorLucas, Maria Elizabeth da Silvapt_BR
dc.contributor.authorArroyo, Margaretept_BR
dc.date.accessioned2009-02-06T04:12:05Zpt_BR
dc.date.issued1999pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/15025pt_BR
dc.description.abstractEsta pesquisa é um estudo etnográfico realizado em dois cenários, social e culturalmente diferenciados de ensino e aprendizagem de música. Inseri-me no contexto ritual do Congado e no contexto institucional do Conservatório de Música, ambos localizados na cidade de Uberlândia, MG, entre os anos de 1995 e 1997. A proposta de lançar um olhar antropológico sobre práticas de educação musical a partir da vivência do estranho e do estranhamento do familiar, promoveu um processo central da pesquisa: a transformação do olhar da pesquisadora sobre os cenários de estudo. O ritual afro-católico do Congado, que mobiliza parte significativa da população afro-brasileira de Uberlândia, e o Conservatório de Música, uma escola pública que atende a algumas unidades de milhares de uberlandeses de diferentes classes sociais, tornaram-se campos heurísticos para uma compreensão mais densa da relação aprendiz e fazer musical. A questão que me conduziu no trabalho de campo foi o desvelamento das representações sociais sobre o fazer musical, sendo que o conceito sócioantropológico de "representações sociais" refere-se ao saber conceitual e prático construído e compartilhado coletivamente. As representações sociais edificam a realidade, sendo compreendidas no senso comum como formas naturalizadas de significado. No decorrer do trabalho de campo, o tema "educação musical como cultura" emergiu como um articulador do estudo simultâneo nos dois cenários, bem como da textualização da pesquisa. A interface desse tema com o campo acadêmico da Educação Musical, desvelou a relevância do olhar antropológico sobre práticas de ensino e aprendizagem em música. Esse olhar vem possibilitar um alargamento dos discursos e práticas da Educação Musical, apontando para um lugar mais relevante dos mesmos no âmbito da produção acadêmica.pt
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectMúsica : Antropologia socialpt_BR
dc.subjectEducacao musical : Etnografiapt_BR
dc.titleRepresentacoes sociais sobre praticas de ensino e aprendizagem musical : um estudo etnografico entre congadeiros, professores e estudantes de musicapt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.identifier.nrb000241418pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Artespt_BR
dc.degree.programCurso de Pós-Graduação em Artes Visuaispt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date1999pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record