Show simple item record

dc.contributor.advisorNeumann, Carla Simone Ruppenthalpt_BR
dc.contributor.authorRibeiro, Ana Paula Tolentinopt_BR
dc.date.accessioned2015-10-03T02:37:33Zpt_BR
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/127437pt_BR
dc.description.abstractO cenário atual de globalização exige de toda empresa, seja ela pública ou privada, atenção especial aos seus ativos de informação. Não somente aos dispositivos físicos que os armazenam, mas em especial ao seu conteúdo. As condições de recuperação adequada dessa informação para uso em decisões estratégicas é de suma importância e para tanto é necessário que a empresa realize a gestão de seus dados corporativos, iniciando pela governança de dados que direcionará as ações permitindo estimar o valor e utilizar da melhor forma o tesouro guardado nos arquivos mortos, nos bancos de dados e sistemas operacionais de forma racional e otimizada. Com foco nesta realidade, o objetivo deste trabalho foi mapear o cenário de Gestão de Dados corporativos no SERPRO e indicar o cenário de cada função em termos de modelo de gestão de dados corporativos, tomando-se o MOSLEY; BRACKETT; EARLEY (2012) como referência. Através de entrevistas com empregados das áreas relacionadas com a gestão da empresa e pesquisas documentais e bibliográficas, pode-se constatar que o SERPRO não atua com foco na Gestão de Dados corporativos. Mesmo possuindo iniciativas para tratamento dos dados dos clientes, este conhecimento não é replicado para seus próprios dados. Algumas iniciativas aparecem em áreas funcionais distintas e de forma isolada, na sua maioria de forma informal. Iniciativas corporativas formais não têm sido abraçadas na empresa ficando perdidas em pilhas de documentos.pt_BR
dc.description.abstractThe present scenario of globalization requires that every company, being it public or private, special attention to their information assets. Not only the physical devices that store them, but especially to its content. The conditions for the proper recovery of this information for use in strategic decisions is very important and to get it is necessary for the company to make the management of your corporate data, starting with data governance, the area that directs the actions allowing to estimate the value and best use of the treasure stored in archives in databases and operating systems rationally and optimally. Focusing on this, the objective of this study was to map the landscape of corporate data management in SERPRO and indicate the setting of each function in terms of enterprise data management model, taking the MOSLEY; BRACKETT; EARLEY (2012) as a reference. Through interviews with employees of the areas related to the management of the company and documentary and bibliographic research, it can be seen that the SERPRO does not work focusing on enterprise data management. Even with initiatives to take care of customer data, this knowledge is not replicated to your own data. Some initiatives appear in different functional areas and in isolation, mostly informally. Formal corporate initiatives have not been embraced in the organization getting lost in piles of documents.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectGestão da informaçãopt_BR
dc.subjectMapeamento de processospt_BR
dc.titleCenário de gestão de dados no SERPRO comparado à referência conceitual do guia DMBOKpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de especializaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000968916pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentEscola de Administraçãopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2014pt_BR
dc.degree.levelespecializaçãopt_BR
dc.degree.specializationCurso de Especialização em Gestão Públicapt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record