Show simple item record

dc.contributor.advisorDall Agnol, Miguelpt_BR
dc.contributor.authorSchneider, Raquelpt_BR
dc.date.accessioned2014-11-21T02:15:56Zpt_BR
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/107285pt_BR
dc.description.abstractEstudos de melhoramento genético de trevo-branco vêm sendo desenvolvidos no DPFA (Departamento de Plantas Forrageiras e Agrometeorologia) da UFRGS desde a década de 70. O principal objetivo destes trabalhos têm sido aumentar a produtividade e persistência do trevo-branco focando, principalmente, na tolerância à deficiência hídrica. Sabe-se, no entanto, que outros fatores como solos ácidos e toxidez por alumínio (Al), assim como doenças, também podem afetar a persistência desta espécie. Neste trabalho, teve-se como um dos objetivos dar início ao processo de seleção de populações de trevo-branco visando tolerância ao Al. Outro objetivo foi identificar algumas doenças foliares do trevo-branco causadas por fungos que ocorrem no Rio Grande do sul e verificar a variabilidade genética existente para resistência a doenças na cultivar Jacuí e na linhagem experimental UFRGS-2004-2. Duas doenças fúngicas foliares foram identificadas em plantas de trevo-branco, sendo causadas por Cymadothea trifolii e Curvularia trifolii. Curvularia trifolii foi utilizado na inoculação das populações para verificar a variabilidade genética. A cv. Jacuí mostrou maior resistência à doença e populações selecionadas puderam ser distinguidas, indicando variabilidade genética. Na seleção para tolerância ao Al, foram utilizadas 24 populações, que apresentaram alto desempenho agronômico em trabalhos realizados anteriormente no DPFA, em solução nutritiva contendo 50 μM de Al. Três populações, sendo duas originárias do Brasil apresentaram maior tolerância ao Al, podendo ser utilizadas nos próximos trabalhos. Outra metodologia de seleção utilizando meio gel foi adaptada ao trevo-branco e avaliada em duas populações. O método em meio gel utilizou 1200 μM de Al, e possibilitou separar populações selecionadas para tolerância e sensibilidade após um ciclo de seleção. Por meio do trabalho desenvolvido, foi possível verificar variabilidade genética do trevo-branco para tolerância ao Al e resistência à doença causada por Curvularia trifolii, nas populações estudadas. Mais trabalhos em ambas as áreas devem ser desenvolvidos com o objetivo de obter cultivares mais adaptadas as condições do Rio Grande do Sul.pt_BR
dc.description.abstractStudies of genetic improvement in white clover have been developed at ―Departamento de Plantas Forrageiras e Agrometeorologia‖ (DPFA), UFRGS since the 70s. The main objective of that work has been to increase the productivity and persistence of white clover focusing mainly on drought tolerance. It is known, however, that other factors such as acidic soils and toxic aluminum (Al) as well as diseases, may also affect the persistence of this species. This work had as an objective to initiate the process of selection of white clover populations aiming at tolerance to Al toxicity. Another objective was to identify some foliar diseases of white clover caused by fungi that occur in Rio Grande do Sul and verify genetic variability for disease resistance. Two foliar diseases caused by Curvularia trifolii and Cymadothea trifolii were identified in white clover. Curvularia trifolii was used to inoculate the populations in order to verify that there was genetic variability. Jacuí showed greater resistance to disease and selected populations could be differentiated, indicating genetic variability. In selection for Al tolerance 24 populations that showed high agronomic performance in work done previously at DPFA were selected in nutrient solution containing 50 μM de AlCl3. The three populations that had the highest Al tolerance should be used in future studies. Another selection methodology using gel media was adapted to white clover and used to evaluate two populations. The method in gel media used 1200 μM de AlCl3, and allowed differentiation of the populations selected for tolerance and sensitivity after one cycle of selection. Through this work we observed genetic variability of white clover for Al tolerance and resistance to disease caused by Curvularia trifolii in the populations studied. More work in both areas should be done with the goal of developing cultivars more adapted to the conditions of Rio Grande do Sul.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectTrevo brancopt_BR
dc.subjectLeguminosa forrageirapt_BR
dc.subjectAlumíniopt_BR
dc.subjectDoença de plantapt_BR
dc.titleSeleção de treve-branco para tolerância ao alumínio e resistência à doença foliar causada por Curvularia trifolli (Kauff.) Boedijnpt_BR
dc.title.alternativeSelection of white clover populations for aluminum tolerance and resistance to fungal disease caused by Curvularia trifolii (Kauff.) Boedijn en
dc.typeTesept_BR
dc.identifier.nrb000945371pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Agronomiapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Zootecniapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2014pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record