Show simple item record

dc.contributor.advisorWajner, Simone Magagninpt_BR
dc.contributor.authorVidart, Josipt_BR
dc.date.accessioned2021-01-27T04:04:08Zpt_BR
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/217546pt_BR
dc.description.abstractA síndrome do T3 baixo refere-se a alterações dos níveis séricos dos hormônios tireoidianos em pacientes com doenças sistêmicas e ausência de disfunção primária do eixo hipotálamo-hipófise-tireoide. Sabe-se que os hormônios da tireoide têm função importante na adaptação metabólica à doença crítica e ao estresse, no entanto pacientes criticamente enfermos frequentemente apresentam redução dos níveis destes hormônios. As mudanças no metabolismo dos hormônios tireoidianos que ocorrem na fase aguda da doença crítica são consideradas benéficas, pois reduziriam o gasto energético e o consumo de proteínas, porém o aumento da morbidade e mortalidade associadas à síndrome do T3 baixo e a persistência de alterações na fase crônica da doença, em que o catabolismo é deletério, tem colocado em dúvida o caráter adaptativo dessas alterações. Dessa forma, o primeiro estudo dessa tese consiste em uma revisão sistemática e metanálise que avalia o prognóstico de pacientes internados em unidades de terapia intensiva que desenvolveram alterações dos hormônios tireoidianos. Essa revisão incluiu um total de 25 estudos e 3260 pacientes. A despeito de limitações na qualidade dos estudos incluídos, os resultados sugerem que alterações dos hormônios tireoidianos estão associados a pior desfecho em pacientes críticos. O segundo estudo dessa tese consiste em uma coorte que avaliou o influencia prognóstica da síndrome do T3 baixo em pacientes com sepse e choque séptico internados em unidade de terapia intensiva. O estudo demonstrou que a redução dos níveis séricos de T3 é preditor independente de mortalidade intra-hospitalar e evolução para doença crítica persistente nesta população.pt_BR
dc.description.abstractNonthyroidal illness syndrome refers to alterations in serum thyroid hormones levels in patients with systemic diseases and absence of primary dysfunction of the hypothalamic-pituitary-thyroid axis. Thyroid hormones are known to play an important role in metabolic adaptation to critical illness and stress, however critically ill patients often present with reduced thyroid hormone levels. Changes in thyroid hormones metabolism that occur in the acute phase of critical illness are considered beneficial, as they would reduce energy expenditure and protein consumption, but the increase in morbidity and mortality associated with nonthyroidal illness syndrome and the persistence of changes in the chronic phase of disease, in which catabolism is harmful, cast doubt on the adaptive nature of these changes. Thus, the first study of this thesis consists of a systematic review and meta-analysis that assesses the prognosis of patients admitted to intensive care units who have developed changes in thyroid hormones. This review included a total of 25 studies and 6869 patients. Despite limitations in the quality of the included studies, our results suggest that changes in thyroid hormones are associated with a worse outcome in critically ill patients. The second study of this thesis consists of a cohort that evaluated the prognostic influence of non thyroidal illness syndrome in patients with sepsis and septic shock admitted to an intensive care unit. The study demonstrated that the reduction in serum T3 levels is an independent predictor of in-hospital mortality and progression to persistent critical illness in this population.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectLow T3 syndromeen
dc.subjectSepsept_BR
dc.subjectChoque sépticopt_BR
dc.subjectNonthyroid diseaseen
dc.subjectSepsisen
dc.subjectPrevalênciapt_BR
dc.subjectPrognósticopt_BR
dc.subjectChronic critical illnessen
dc.subjectSíndromes do eutireóideo-doentept_BR
dc.subjectTri-Iodotironinapt_BR
dc.subjectMortalidadept_BR
dc.subjectCuidados críticospt_BR
dc.subjectUnidades de terapia intensivapt_BR
dc.subjectHormônios tireóideospt_BR
dc.subjectRevisão sistemáticapt_BR
dc.subjectMetanálisept_BR
dc.titlePrevalência e implicações prognósticas da síndrome do T3 baixo em pacientes com sepse e choque sépticopt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.identifier.nrb001121093pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Medicinapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Médicas: Endocrinologiapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2020pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record