Show simple item record

dc.contributor.advisorKunz, Mauríciopt_BR
dc.contributor.authorBiazus, Taís Boeirapt_BR
dc.date.accessioned2020-07-02T03:36:10Zpt_BR
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/211249pt_BR
dc.description.abstractO Transtorno Bipolar (TB) é uma doença grave, crônica, recidivante. Atinge homens e mulheres, igualmente, e está entre as doenças mais incapacitantes no mundo. Alguns pacientes portadores de transtorno bipolar apresentam um curso crônico e degenerativo da doença, que culmina com maior resistência ao tratamento tradicional com estabilizadores de humor, maior gravidade dos episódios de humor e maior numero e duração de hospitalizações em decorrência destes episódios. O uso de antipsicóticos atípicos no manejo do TB tem se tornado mais frequente nas últimas décadas, com evidência clínica consistente para seu uso como terapia adjuvante ou monoterapia em todas as fases da doença. O uso da clozapina é bem estabelecido na esquizofrenia, aprimorando desfechos de funcionalidade e cognição, além de reduzir mortalidade por todas as causas. Entretanto, a literatura médica carece de estudos quanto à utilização da clozapina no TB. Apenas dois ensaios clínicos randomizados avaliaram a eficácia da clozapina no tratamento do TB. No entanto, diferentes estudos observacionais têm sido produzidos mostrando a eficácia da clozapina nessa população, sugerindo uma capacidade de modificar consistentemente a trajetória de doença. O presente estudo tem como objetivo avaliar a taxa de internações hospitalares em pacientes bipolares, antes e após o uso de clozapina, além de outras variáveis clínicas relevantes associadas ao uso dessa medicação.pt_BR
dc.description.abstractBipolar disorder (BD) is a severe, chronic, relapsing disease. It affects both genders equally and is one of the most disabling diseases in the world. Some patients with bipolar disorder have a chronic and degenerative illness course, which leads to a resistance to traditional treatment with mood stabilizers. The use of atypical antipsychotics for BD treatment became more frequent in the past decades, with consistent clinical evidence for their use as adjunctive therapy or monotherapy in all stages of the disease. Clozapine therapy is well-established in schizophrenia. It improves outcomes as functionality and cognition, and also reduces mortality from all causes. However, there is a lack of medical studies about use of clozapine in BD. Only two randomized controlled trials have evaluated the effectiveness of clozapine in the treatment of TB. However, different observational studies have been produced showing the effectiveness of clozapine in this population, suggesting an ability to consistently modify the disease trajectory. The present study aims at assessing the rate of hospitalizations in bipolar patients using clozapine and evaluate other variables that possibly have their outcome associated with the use of this medication.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectBipolar disorderen
dc.subjectTranstorno bipolarpt_BR
dc.subjectHospitalizationsen
dc.subjectHospitalizaçãopt_BR
dc.subjectDepressãopt_BR
dc.subjectClozapineen
dc.subjectClozapinapt_BR
dc.subjectDepressionen
dc.subjectManiaen
dc.titleAvaliação do efeito da clozapina no tratamento de pacientes com transtorno de humor bipolar : análise das taxas de reospitalização e de outras variáveis clínicaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001115008pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Medicinapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Psiquiatria e Ciências do Comportamentopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2020pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record