Show simple item record

dc.contributor.authorSouza, Jorge Luiz dept_BR
dc.contributor.authorVieira, Adrianept_BR
dc.date.accessioned2010-04-16T09:11:36Zpt_BR
dc.date.issued2003pt_BR
dc.identifier.issn0104-754Xpt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/19789pt_BR
dc.description.abstractEste trabalho apresenta um estudo desenvolvido com participantes de um programa de Escola Postural na EsEF/UFRGS. O objetivo do estudo foi refletir sobre as percepções dos participantes acerca das atividades teórico-vivenciais propostas no transcorrer do programa. O estudo foi composto por dez participantes voluntários e as informações coletadas foram obtidas através de entrevistas semi-estruturadas, memoriais descritivos, e notas de campo. As explicações teóricas a respeito da estrutura ósteo-articular despertaram-lhes o interesse de observarse e pensar-se mais nas atividades de vida diária. Os exercícios (alongamento, mobilização e percepção corporal) possibilitaram que os participantes percebessem suas limitações e melhorassem sua capacidade de movimento. As atividades lúdicas foram consideradas relevantes à integração e descontração do grupo. As atividades de relaxamento foram referenciadas durante todo o programa como um momento que facilitou o bemestar. Em suma, a combinação de explicações teóricas e vivências corporais mostrou-se benéfica aos participantes no que se refere ao conhecimento de si.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofMovimento. Porto Alegre. Vol. 9, n. 3 (set./dez. 2003), p. 101-122.pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectPostura corporalpt_BR
dc.titleEscola postural : um caminho para o conhecimento de si e o bem-estar corporalpt_BR
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb000415004pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record