Now showing items 1-20 of 24

    • 1968 - literatura : marcando presença, ainda que tardia 

      Zilberman, Regina (2009) [Journal article]
      Resumo não disponível
    • A África no discurso colonial português 

      Zilberman, Regina (2013) [Journal article]
      O discurso colonial emerge nas primeiras produções épicas da literatura portuguesa, como os poemas de Luís de Camões (Os Lusíadas) e Jerônimo Corte Real (O naufrágio do Sepúlveda). Ele retorna, após a expansão do capitalismo ...
    • Ana Maria Machado : a audácia de uma escritora 

      Zilberman, Regina (2017) [Journal article]
      Em sua obra ficcional, dirigida a crianças e adultos, Ana Maria Machado mantém rigorosa coerência, procurando destacar o papel da memória, sobretudo a da mulher, no resgate de eventos esquecidos do passado. Realiza, assim, ...
    • Apresentação 

      Zilberman, Regina (2020) [Introductory and closing remarks]
    • Apresentação 

      Zilberman, Regina (2020) [Introductory and closing remarks]
    • Apresentação 

      Zilberman, Regina (2008) [Introductory and closing remarks]
    • Apresentação 

      Valente, Luiz Fernando; Zilberman, Regina (2015) [Introductory and closing remarks]
      Resumo não disponível
    • Apresentação 

      Zilberman, Regina (2012) [Introductory and closing remarks]
    • Apresentação : a guerra - mais que um tema para a literatura 

      Zilberman, Regina (2015) [Introductory and closing remarks]
      Resumo não disponível
    • Apresentação : literatura e confinamento 

      Zilberman, Regina (2017) [Introductory and closing remarks]
      Resumo não disponível
    • De Fernando a Fernando, a igreja militante 

      Zilberman, Regina (2020) [Journal article]
    • Desde a cela do preso político : os diários do dominicano Fernando de Brito 

      Zilberman, Regina (2018) [Journal article]
      O Diário de Fernando (2009), editado por Frei Betto a partir das anotações do dominicano Fernando de Brito, pertence ao gênero da literatura carcerária que, remontando ao Críton, de Platão, tem em Memórias do cárcere (1953), ...
    • Dois projetos inacabados de poesia americana 

      Zilberman, Regina (2020) [Journal article]
      Gonçalves Dias publicou em 1857 os quatro primeiros cantos do poema épico Os Timbiras. José de Alencar planejou Os filhos de Tupã, uma epopeia em doze cantos, que permaneceu inédita. Ainda que inacabadas, as iniciativas ...
    • Eduardo Guimaraens e os novos 

      Zilberman, Regina (2015) [Journal article]
      Eduardo Guimaraens publicou três poemas no segundo número de Orpheu, dentre os quais consta “Sob os teus olhos sem lágrimas”. Esse poema apareceu antes na revista Fon-Fon!, do Rio de Janeiro, e depois em A divina quimera, ...
    • Entre o privado e o público : Aluísio Azevedo e as cartas de Giovani 

      Zilberman, Regina (2017) [Journal article]
      Em junho de 1882, Aluísio Azevedo publica, na Gazetinha, duas cartas dirigidas a Giovani, pseudônimo de um leitor (talvez Machado de Assis) que criticara Memórias de um condenado, folhetim impresso por aquele jornal. A ...
    • O escritor, o leitor e o livro 

      Zilberman, Regina (2011) [Journal article]
    • Os fastos da ditadura militar, de Eduardo Prado : o Brasil de um exilado 

      Zilberman, Regina (2015) [Journal article]
      Eduardo Prado reuniu no livro Fastos da ditadura militar, de 1890, os cinco artigos originalmente publicados entre 1889 e 1890 na Revista de Portugal, editada em Paris. Nos dois primeiros artigos, condena o regime republicano ...
    • Invencível (e inesquecível) Osman Lins 

      Zilberman, Regina (2014) [Journal article]
    • Leitura na escola : entre a democratização e o cânone 

      Zilberman, Regina (2017) [Journal article]
      A leitura foi reconhecida enquanto campo de investigação nas primeiras décadas do século XX. As teorias da leitura e do leitor dividem-se em várias tendências, procurando mapear o território. Contudo, apresentam lacunas, ...
    • Memórias de Chateaubriand no Brasil 

      Zilberman, Regina (2017) [Journal article]
      François-René de Chateaubriand publicou Atala em 1801, obtendo rápido sucesso na França e nos lugares onde foi traduzido e lido. Seu impacto em autores brasileiros, como Teixeira e Sousa, Gonçalves de Magalhães, José de ...