Show simple item record

dc.contributor.authorMossi, Cristian Polettipt_BR
dc.date.accessioned2018-09-11T02:28:47Zpt_BR
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.issn1980-9700pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/181782pt_BR
dc.description.abstractO artigo trata da noção de projetos de ensino no campo da educação das artes visuais. Para isso, parte de uma experiência contingente do autor, vivenciada junto a turmas de Estágio em Artes Visuais do Curso de Licenciatura em Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), como docente, no primeiro semestre de 2016. Propõe alguns disparadores, como notas, para possivelmente inspirar outros/futuros trajetos de ensino. Em um primeiro momento, discute possíveis lugares de criação na docência, entendendo os projetos de ensino como implicação dessa atitude criativa. Em seguida, sugere pontos que podem servir como indicadores para a criação de projetos de ensino de maneira mais geral. Por último, são pensadas quatro dimensões concernentes a projetos de ensino específicos de uma educação em artes visuais que compreendem as imagens como especificidade dessa área do saber, bem como enquanto fenômenos que permitem múltiplas e transversais aprendizagens. O texto é escrito e se apresenta como um arranjo de referências e noções que compõem um ideário singular de docência e, em absoluto, deve ser entendido de forma paradigmática. Trata-se, pois, de uma “tradução”, ou “transcriação” (CORAZZA, 2013), teórico-metodológica a partir de diversas vozes, compreendendo também os resultados iniciais do projeto de pesquisa Docência e criação em educação das artes visuais: povoamentos entre visualidades, leituras e escritas, coordenado pelo autor.pt
dc.description.abstractThe article discusses the concept of teaching projects in the field of visual arts education. In order to do that, it is based on the author’s contingent experience, with the classes of Visual Arts Internship of the Visual Arts Education Undergraduate Program at the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS), as a professor, in the first semester of 2016. It proposes some triggers, such as notes, to possibly inspire other/future educational paths. At first, it discusses possible creation positions in teaching, understanding the teaching projects as an implication of this creative approach. Then it suggests points that can work as indicators for the creation of teaching projects more generally. Finally, four dimensions are conceived concerning specific teaching projects for visual arts education that include images as a specificity of this area of knowledge, as well as phenomena that allow multiple and transversal learning. The text is written and presented as an array of references and concepts that make up a singular group of ideas on teaching and it must not be understood at all in a paradigmatic manner. It is, therefore, a theoretical and methodological “translation”, or “transcreation” (CORAZZA, 2013), based on several voices, also comprising the initial results of the research project Teaching and creation in visual arts education: settlements between visualities, readings and writings, coordinated by the author.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofCadernos de pesquisa : pensamento educacional. Curitiba, PR. Vol. 11, n. 29 (set./dez. 2016), p. 133-150pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectCreationen
dc.subjectEnsino e aprendizagempt_BR
dc.subjectArtes visuaispt_BR
dc.subjectTeachingen
dc.subjectTeaching projecten
dc.subjectVisual arts educationen
dc.subjectImageen
dc.titleNotas disparadoras para a criação de projetos de ensino em educação das artes visuaispt_BR
dc.title.alternativeTriggering notes for the creation of teaching projects in visual arts education en
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb001025771pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record