Show simple item record

dc.contributor.advisorFrizzo, Giana Bitencourtpt_BR
dc.contributor.authorUellver, Lindsay Guimarãespt_BR
dc.date.accessioned2017-10-12T02:50:05Zpt_BR
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/169483pt_BR
dc.description.abstractO presente estudo buscou compreender a percepção das mães e dos pais a respeito do choro dos bebês no contexto de adaptação à creche, bem como a percepção das professoras a partir do relato das mães e dos pais. Utilizou-se um delineamento qualitativo e descritivo e a análise temática tornou possível a construção de dois temas: “Repercussões do choro nas mães e nos pais” e “Repercussões do choro nas professoras”. Os resultados apontaram uma preocupação quanto ao choro, considerando-o, às vezes, como uma dificuldade no processo. Contudo, também se fez presente uma escuta sensível do choro por parte de algumas professoras. A discussão fomentada, salientou a naturalidade dessa reação manifestada pela criança durante esse momento, ressaltando-se a importância de se olhar para o choro como uma forma de comunicação. Além disso, é preciso observar outros aspectos ao refletir sobre como que esse momento está sendo sentido pelo bebê, visto que a ausência do choro não garante o bem-estar. Dessa forma, compreende-se que o processo de adaptação contempla a tríade: criança, família e escola. Além disso, o choro pode estar relacionado aos diversos sentimentos vivenciados pelos envolvidos e a partir das relações estabelecidas entre eles.pt_BR
dc.description.abstractThe present study sought to understand the mothers' and parents' perception of the crying of the babies in the context of daycare adaptation, as well as the teachers' perception based on the mothers' and fathers' reports. A qualitative and descriptive design was used and the thematic analysis made possible the construction of two themes: "Repercussions of crying in mothers and fathers" and "Repercussions of crying in teachers". The results pointed out a concern about crying, sometimes considering it as a difficulty in the process. However, there was also a sensitive listening of crying by some teachers. The discussion encouraged the naturalness of this reaction manifested by the child during this moment, emphasizing the importance of looking at crying as a communication. In addition, it is necessary to observe other aspects when reflecting on how this moment is being felt by the baby, since the absence of crying does not guarantee their well-being. In this way, it is understood that the process of adaptation contemplates the triad: child, family and school. In addition, the crying can be related to the diverse feelings experienced by the involved ones and, from the established relations between them.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectChoro : Psicologiapt_BR
dc.subjectCryingen
dc.subjectComportamento de apegopt_BR
dc.subjectChild Educationen
dc.subjectChild daycare centeren
dc.subjectCrechespt_BR
dc.subjectBebêspt_BR
dc.subjectBonden
dc.subjectAttachmenten
dc.subjectInceptionen
dc.subjectAdaptationen
dc.titleRepercussões do choro dos bebês durante o processo de adaptação à crechept_BR
dc.title.alternativeRepercussion of crying from babies during the process of adaptation in child care center en
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001050026pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Psicologiapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2017pt_BR
dc.degree.graduationPsicologiapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record