Show simple item record

dc.contributor.authorPavan, Cleusapt_BR
dc.contributor.authorBarbosa, Marcia Cristina Bernardespt_BR
dc.date.accessioned2017-06-20T02:32:04Zpt_BR
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.issn1807-8893pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/159734pt_BR
dc.description.abstractO número de revistas de acesso aberto aumentou ao longo dos últimos anos e o pagamento de taxa de processamento de artigo (Article Processing Charge) tem sido o modelo de sustento adotado por algumas editoras. O objetivo do estudo é averiguar a existência de uma política brasileira de financiamento público para a publicação de artigos em acesso aberto, investigando 29 agências de fomento, por meio de questionário e da análise dos sites institucionais. Verifica-se que a minoria das agências possui uma política para financiar os custos das taxas para publicação. A reavaliação do sistema de fomento brasileiro e a criação de uma política estratégica se fazem necessárias.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofEm Questão [recurso eletrônico]. Porto Alegre. Vol. 23, n. 2 (maio/ago. 2017), p. 120-145pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectComunicação científicapt_BR
dc.subjectAcesso livre à informaçãopt_BR
dc.titleFinanciamento público no Brasil para a publicação de artigos em acesso aberto : alguns apontamentospt_BR
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb001020488pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record