Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Tatiana Silva dapt_BR
dc.contributor.authorHelfer, Ana Luizapt_BR
dc.date.accessioned2016-11-12T02:14:44Zpt_BR
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/149573pt_BR
dc.description.abstractO objetivo deste trabalho foi desenvolver um modelo, utilizando Sistemas de Informações Geográficas, para mapear áreas suscetíveis adeslizamentos na Região Metropolitana de Porto Alegre – RS. A análise espacial da suscetibilidade a deslizamentos se configura como um problema de análise multicriterial, uma vez que são vários os fatores relacionados a sua ocorrência. Os fatores utilizados foram: declividade, profundidade do solo, drenagem do solo, umidade do solo, cobertura vegetal, áreas de mesma declividade e áreas de mesma direção de escoamento. Foram restringidos do modelo, os corpos d’água e as áreas com declividades menores que 20 graus, pelo fato de não haver registros na literatura sobredeslizamentos ocorridos nessas condições. Os fatores foram padronizados por meio da aplicação da lógica fuzzyde forma que os valores dos fatores se tornassem comparáveis entre si. A atribuição de pesos aos fatores foi realizada através do Processo Analítico Hierárquico, definindo-se a importância de cada um na predisposição do terreno a deslizamentos. Por fim, os fatores foram agregados por meio de Combinação Linear Ponderada resultando no mapa de suscetibilidade da Região Metropolitana de Porto Alegre. Todosos procedimentosforamrealizados utilizando-se o Sistema de Suporte à Decisão DecisionWizard presente no software Idrisi Taiga.Os resultados indicam que as áreas mais suscetíveis a deslizamentos situam-se,principalmente, nas encostas das regiões geomorfológicas Planalto Norte rio-grandense e Planalto Sul rio-grandense, compreendendo os municípios de Rolante, Taquara, Santo Antônio da Patrulha, São Jerônimo, Gravataí, Sapiranga, Novo Hamburgo e Montenegro.Assim, constata-se que os Sistemas de Informações Geográficas são úteis no mapeamento da suscetibilidade a deslizamentos, pois tornam ágil e menos subjetivo o julgamento dos fatores e o seu processo de avaliação. Além disso, os resultados, depois de validados, podem auxiliar as políticas públicas de planejamento urbano dos municípios e ao mesmo tempo indicar os locais para avaliação de risco, de modo a prevenir acidentes e perdas humanas e econômicas.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectDeslizamentopt_BR
dc.subjectAnálise multicritériopt_BR
dc.subjectSIGpt_BR
dc.titleModelo baseado em SIG para avaliação da suscetibilidade a deslizamentos na região metropolitana de Porto Alegrept_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisor-coFan, Fernando Mainardipt_BR
dc.identifier.nrb001002705pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Pesquisas Hidráulicaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2014pt_BR
dc.degree.graduationEngenharia Ambientalpt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record