Show simple item record

dc.contributor.advisorConceição, Octavio Augusto Camargopt_BR
dc.contributor.authorUtzig, Dênis Gieschpt_BR
dc.date.accessioned2016-09-27T02:14:06Zpt_BR
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/148481pt_BR
dc.description.abstractA oferta finita do petróleo na matriz energética mundial, aliada a fatores ambientais, econômicos e geopolíticos fazem com que as energias renováveis tenham uma participação crescente no cenário mundial. Além disso, a independência energética é considerada um item estratégico e de segurança nacional por diversos países. No Brasil, o biodiesel foi implementado como uma política de governo através do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel, que entre outros objetivos buscava a redução da dependência externa por petróleo e óleo diesel, contribuindo assim para a melhora da balança comercial brasileira. Se por um lado o país apresenta deficit na sua balança comercial de petróleo e óleo diesel, por outro é um dos maiores exportadores mundiais de soja – principal matéria prima para produção do biodiesel no país. Ao confrontar a redução das importações de óleo diesel com a redução das exportações do complexo soja durante os 11 anos do programa, verificou-se que o saldo positivo na balança comercial realmente aconteceu, mas poderia ter sido superior se houvesse uma maior diversificação das matérias primas utilizadas.pt_BR
dc.description.abstractFinite oil supply in the global energy matrix, combined with environmental, economic and geopolitical factors make renewable energies have a growing involvement on the world stage. In addition, energy independence is considered a strategic and national security item for several countries. In Brazil, biodiesel has been implemented as a government policy through Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel [National Program for the Production and Use of Biodiesel], which, among other objectives, sought to reduce external dependence for oil and diesel fuel, thus contributing to the improvement of the Brazilian trade balance. If, on one hand, the country faces deficit in its petroleum and diesel fuel trade balance, on the other hand it is one of the largest global soybean exporters – main raw material to produce biodiesel in the country. When comparing the decrease in diesel fuel imports and the decrease in exports of the soy complex during the 11 years of the program, we found that the trade surplus actually happened, but it could have been higher if the raw materials used were more diverse.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectBiodieselen
dc.subjectEconomiapt_BR
dc.subjectPNPBen
dc.subjectEnergyen
dc.subjectInstitutionalismen
dc.subjectTrade balanceen
dc.titleO Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel e sua proposta de melhoria da balança comercial brasileira : o objetivo foi alcançado?pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001000110pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Ciências Econômicaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2016pt_BR
dc.degree.graduationCiências Econômicaspt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record