Show simple item record

dc.contributor.advisorSattler, Miguel Aloysiopt_BR
dc.contributor.authorRojas, Vera Beatriz Freirept_BR
dc.date.accessioned2007-07-11T21:46:21Zpt_BR
dc.date.issued2005pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/10145pt_BR
dc.description.abstractO principal objetivo desta pesquisa foi contribuir com a produção de informações destinadas a orientar o planejamento de ambientes construídos destinados aos idosos, através do estudo das necessidades de seus usuários. A busca destas informações partiu de uma revisão bibliográfica interdisciplinar dos conceitos temáticos sobre o envelhecimento, o conforto ambiental e a gerontologia, resgatando suas interfaces de forma a permitir estabelecer as necessidades e recomendações para projetos de ambientes de convivência para a terceira idade. Para isso, foi desenvolvido um estudo de caso em uma instituição destinada a convivência de idosos carentes. Partindo da abordagem utilizada nos estudos da interface comportamento humano e ambiente, referenciados na Psicologia Ambiental, este estudo teve por objetivo investigar as relações entre os ambientes de convivência da instituição e seus usuários, utilizando, como fontes de evidência, levantamento físicos, entrevistas e observações. Em suma, os resultados deste trabalho revelaram que: a) a presença de locais para convívio, tanto internos, como externos, é considerada importante para os idosos e demais personagens da instituição; b) a qualidade dos ambientes contribui positivamente com a satisfação dos idosos em relação à instituição; c) os ambientes preferidos e os mais utilizados foram a sala de convivência, área externa e sala de atividades múltiplas, permitindo atividades de lazer ativo e, também, lazer passivo; d) as sugestões relacionadas ao ambiente físico apresentadas foram: ampliação na área dos banheiros e na área externa, com a colocação de bancos protegidos com sombra, e também maior disponibilidade de áreas verdes, para atividades terapêuticas (jardinagem, cultivo de horta); e) as características que mais influenciam a utilização dos ambientes são: acessibilidade e segurança, conforto, mobiliário adequado, materiais naturais e privacidade. O trabalho pretende contribuir para o planejamento dos demais centrospt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectPsicologia ambientalpt_BR
dc.subjectConforto ambientalpt_BR
dc.subjectTerceira idadept_BR
dc.subjectConstrução civilpt_BR
dc.titleContribuições para o planejamento de ambientes construídos destinados à convivência de idosospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000521648pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentEscola de Engenhariapt_BR
dc.degree.programCurso de Mestrado Profissional em Engenhariapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2005pt_BR
dc.degree.levelmestrado profissionalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record