Show simple item record

dc.contributor.advisorPedrozo, Catarina da Silvapt_BR
dc.contributor.authorFarias, Roberto Nascimento dept_BR
dc.date.accessioned2012-05-03T01:26:49Zpt_BR
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/40102pt_BR
dc.description.abstractComponente do zooplâncton, o filo Rotifera é o grupo dominante na maioria dos estudos e responde rapidamente às alterações nas condições da qualidade da água. As características da água variam entre diferentes corpos hídricos e diferentes estações do ano, principalmente entre inverno e verão. Nas lagoas Bacopari, Porteira, Rondinha, Fortaleza e Gentil a composição específica da comunidade de Rotifera ainda é desconhecida. Além disso, os estudos relacionando a comunidade zooplanctônica com a sazonalidade são raros. Neste contexto, o presente trabalho objetivou verificar a influência da sazonalidade na estrutura da comunidade de Rotifera e nas condições de qualidade da água nas lagoas citadas acima. Realizouse uma coleta no inverno de 2010 e outra no verão de 2011, onde vinte e quatro variáveis físicas e químicas da água foram medidas, em campo e em laboratório. Filtrou-se 300 litros de água em uma rede planctônica com malha 64 μm fixando o conteúdo em formaldeído 4%. Os organismos foram identificados e quantificados a partir de subamostras em câmara de Sedgewick Rafter. Para verificar a influência da sazonalidade sobre a qualidade da água das lagoas e sobre a relação das variáveis ambientais com a comunidade de Rotifera, aplicou-se a Análise dos Componentes Principais (PCA) e Análise de Correspondência Canônica (CCA), ambas técnicas de análise multivariada de dados. Os resultados mostraram os gêneros Brachionus, Euchlanis, Filinia e Hexarthra representativos do verão e Kellicottia longispina, Keratella lenzi, Keratella serrulata e Notholca acuminata, representativos do inverno. Pela PCA, observa-se que sólidos dissolvidos, sólidos suspensos, Demanda Química de Oxigênio, cloretos, dureza, condutividade, sulfatos, coliformes totais, coliformes fecais e clorofila a são as variáveis que mais diferenciaram as lagoas entre si. O diagrama de ordenação, gerado pela CCA, mostra correlação positiva das variáveis ambientais sólidos suspensos e dissolvidos, coliformes totais, assim como espécies indicadoras de ambientes eutrofizados, com as amostras de verão. Nas lagoas estudadas, as variações na qualidade da água são amplificadas pela ação antrópica, sendo tais alterações refletidas pela comunidade de Rotifera.pt_BR
dc.description.abstractComponent of zooplankton, the phylum Rotifera is the dominant group in most studies and responds quickly to changes in water quality conditions. The characteristics of water vary among different water bodies and different seasons mainly between winter and summer. The specific community composition of Rotifera from lakes Bacopari, Porteira, Rondinha, Fortaleza and Gentil is still unknown. Furthermore, studies correlating seasonality with the zooplankton community are rare. In this context, this study aimed to assess the effect of seasonality on community structure of Rotifera and conditions of water quality in those lakes. One sample was taken in 2010, the winter, and another in 2011, the summer. Twenty-four physical and chemical variables of water were measured, in field and in laboratory. Zooplankton samples were collected by filtration of 300 liters of water trough a plankton net with 64 μm-mesh screen. Content was placed in 4% formalin solution. Organisms were identified and quantified from subsamples in Sedgewick Rafter chamber under microscope. To check the influence of seasonality on water quality of lakes and the relationship between environmental variables and rotifers species, we applied the Principal Component Analysis (PCA) and Canonical Correspondence Analysis (CCA), both multivariate techniques. Results showed Brachionus, Euchlanis, Filinia and Hexarthra representative of summer and, Kellicottia longispina, Keratella lenzi, Keratella serrulata and Notholca acuminata, representative of winter. For the PCA, it is observed that dissolved solids, suspended solids, Chemical Oxygen Demand, chlorides, hardness, conductivity, sulfates, total coliform, fecal coliform and chlorophyll a are the variables that most differentiated the lakes to each other. The ordination diagram, generated by the CCA, shows a positive correlation of environmental variables suspended solids, dissolved solids, total coliform, as well as species that indicate eutrophic environments, with the summer samples. The environmental conditions of the lakes studied are intensified by human activities, with such changes, reflected by the community structure of Rotifera.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectSeasonalityen
dc.subjectEcologia de comunidadespt_BR
dc.subjectZooplanktonen
dc.subjectLagoas costeiras : Rio Grande do Sul, Litoral nortept_BR
dc.subjectCoastal lakesen
dc.subjectRotíferapt_BR
dc.subjectWater qualityen
dc.subjectRotiferaen
dc.titleInfluência da sazonalidade na estrutura da comunidade de Rotifera em cinco lagoas costeiras do Rio Grande do Sul, Brasilpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000786787pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Biociênciaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2011pt_BR
dc.degree.graduationCiências Biológicas: Ênfase em Biologia Marinha e Costeira: Bachareladopt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record