Show simple item record

dc.contributor.advisorVigo, Álvaropt_BR
dc.contributor.authorChomatas, Eliane Regina da Veigapt_BR
dc.date.accessioned2010-07-14T04:20:28Zpt_BR
dc.date.issued2009pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/24606pt_BR
dc.description.abstractOs atributos da atenção primária à saúde (APS) - acesso, longitudinalidade, integralidade, coordenação, orientação familiar e comunitária e competência cultural - são reconhecidos na literatura internacional como eixos estruturantes do processo de atenção, associados à qualidade dos serviços, à efetividade e a eficiência de suas intervenções. No Brasil, o processo de avaliação da APS encontra-se em fase de implantação, mostrando-se ainda incipiente e necessitando de estudos com rigor metodológico e marco teórico apropriado para que as análises obtidas possam subsidiar as práticas de planejamento e gestão. Desde a década de 1970, o município de Curitiba vem construindo sua rede de atenção primária baseada em dois modelos: um que incorpora médicos especialistas nas áreas básicas de pediatria, gineco-obstetrícia e clínica, além de enfermeiros, auxiliares de enfermagem, agentes comunitários de saúde e profissionais da odontologia e outro que é fundamentado na Estratégia Saúde da Família (ESF) e atua com médicos generalistas e demais profissionais como no modelo anterior. Neste estudo, foram investigadas a presença e a extensão dos atributos da APS no município de Curitiba no ano de 2008, comparando unidades que atuam com o modelo tradicional e ESF, mediante o instrumento PCATool-Brasil aplicado a 490 profissionais médicos e enfermeiros de 90 unidades de atenção primária do município. Os resultados indicam que nas unidades com ESF os escores médios e o percentual de Alto Escore (≥ 6,6) dos atributos acessibilidade, longitudinalidade, integralidade dos serviços disponíveis, integralidade dos serviços prestados, orientação familiar e orientação comunitária são significativamente maiores que nas unidades tradicionais. O mesmo ocorre quando esses atributos são condensados nos escores Essencial, Derivado e Geral da APS. O atributo coordenação, quando avaliado individualmente, apresenta melhor resultado nas unidades com ESF, porém sem significância estatística quando comparado às unidades tradicionais. Os resultados da regressão de Poisson robusta apontam uma associação positiva das unidades com ESF e da formação em medicina de família ou enfermagem comunitária com o Alto Escore da APS. Assim, na avaliação dos profissionais, os resultados evidenciam que em Curitiba as unidades com ESF apresentam maior presença e extensão dos atributos da atenção primária. Pela relevância do tema, indicamos a complementação da pesquisa com a aplicação do inquérito na população assistida pelos dois modelos, o que poderá acrescentar novos subsídios para a gestão municipal.pt_BR
dc.description.abstractThe attributes of Primary Health Care (PHC) – access to first contact, longitudinally, comprehensiveness, coordination, family and community orientation and cultural competence are recognized in the international literature as structural pillars of the health care process, being associated with service quality and intervention effectiveness and efficiency. In Brazil the process of PHC evaluation is still at the implantation phase, revealing itself to be incipient and in need of methodologically rigorous studies and an appropriate theoretical landmark so that the analyses obtained can support planning and management practices. Since the 1970s, the city of Curitiba has been building its primary attention network based on two models: one that incorporates doctors specialized in the basic areas of pediatrics, obstetrics and gynecology and general medicine and other based on the Family Health Strategy (FHS) that operates with general practitioners. In this study the presence and extension of the attributes of PHC in the city of Curitiba during 2008 were investigated, comparing health centers that operate with the traditional model and those based on the FHS, by means of a structured study using a validated instrument (PCATool-Brazil) applied to 490 medical professionals and nurses from 90 of the city’s primary health care centers. The results suggest that in the Family Health Strategy health centers the average scores and the percentage of high scores (≥ 6.6) in relation to the attributes of accessibility, longitudinally, comprehensiveness of the available services, comprehensiveness of the services provided, family orientation and community orientation are significantly higher than in the traditional health centers. The same happens when these attributes are condensed as the PHC Essential, Derived or Overall Score. When analyzed individually the coordination attribute has better results in the Family Health Strategy health centers, although without statistical significance when compared to the traditional health centers. Robust Poisson regression indicates a positive association between high PHC scores and FHS health centers and academic formation in family medicine or community nursing. As such, in the evaluation of the health professionals the results demonstrate that in Curitiba, the FHS health centers have greater presence and extension of primary care attributes. Due to relevance of the subject, we recommend that this study be complemented by means of a survey of the population attended by the two models, in order to provide additional support information for municipal health service management.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectPrimary health careen
dc.subjectAtenção primária à saúdept_BR
dc.subjectServices evaluationen
dc.subjectAvaliação de serviços de saúdept_BR
dc.subjectFamily healthen
dc.subjectPrograma Saúde da Famíliapt_BR
dc.subjectEpidemiologiapt_BR
dc.subjectHealth services researchen
dc.titleAvaliação da presença e extensão dos atributos da atenção primária na rede básica de saúde no município de Curitiba, no ano de 2008pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor-coHarzheim, Ernopt_BR
dc.identifier.nrb000747716pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Medicinapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Epidemiologiapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2009pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR
dc.description.originTelemedicinapt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record