Show simple item record

dc.contributor.authorMittelmann, Andreapt_BR
dc.contributor.authorCarvalho, Fernando Iraja Felix dept_BR
dc.contributor.authorBarbosa Neto, Jose Fernandespt_BR
dc.contributor.authorAmaral, Adriane Leite dopt_BR
dc.contributor.authorPandini, Fábiopt_BR
dc.date.accessioned2010-05-18T04:15:55Zpt_BR
dc.date.issued2001pt_BR
dc.identifier.issn0103-8478pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/22383pt_BR
dc.description.abstractOito populações provenientes de cruzamentos entre linhagens de aveia foram avaliadas com o objetivo de estimar a herdabilidade e verificar o efeito da seleção para estatura de planta e duração do ciclo vegetativo. Quatro panículas F2 por cruzamento foram colhidas em 1993, cada uma delas originando uma linha de plantas espaçadas no ano seguinte. As plantas F3 foram avaliadas individualmente e classes foram estabelecidas com base na média e desvio padrão da população. Os mesmos caracteres foram avaliados em 1995, em parcelas representando as classes selecionadas. A herdabilidade foi estimada pelo método da regressão pai x progênie. A diferença entre classes foi testada como um indicador da eficiência da seleção. As estimativas de herdabilidade variaram de -0,73 a 0,84 para estatura e de 0,25 a 1,05 para ciclo vegetativo, estando a diferença entre classes, em geral, associada a valores elevados de herdabilidade. A herdabilidade para os caracteres estatura de planta e duração do ciclo vegetativo para algumas populações foi alta, evidenciando a viabilidade da seleção em gerações precoces. A transformação de dados em unidades de desvio padrão permitiu a redução dos efeitos da interação genótipo x ambiente, levando a uma maior precisão das estimativas obtidas.pt_BR
dc.description.abstractEight crosses among oat lines were evaluated aiming to estimate heritability and to verify the effect of selection for plant height and heading date. Four F2 panicles from each cross were harvested in 1993. Each one generated one line of spaced plants in the field in the following year. The F3 plants were individually evaluated and separated in classes based on mean population and standard deviation. The same traits were evaluated in 1995 in plots representing the different classes. Heritability was estimated by parent x offspring regression method. Difference among classes was an indicator of selection efficiency. Heritability estimates varied from -0,73 to 0,84 for plant height and from 0,25 to 1,05 for heading date. Difference among classes was generally associated with high values of heritability. The heritability of the traits was high, indicating feasibility of selection in segregant generations. The conversion of data in standard deviation units allowed a reduction of genotype x environment interaction, leading to more precise estimates.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofCiência rural. Santa Maria. Vol. 31, n. 6 (nov./dez. 2001), p. 999-1002pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectAdaptative traitsen
dc.subjectAveiapt_BR
dc.subjectMelhoramento genético vegetal : Hereditariedadept_BR
dc.subjectParent x offspring regressionen
dc.subjectProgêniept_BR
dc.subjectAvena sativaen
dc.subjectEtapa de desenvolvimento da plantapt_BR
dc.titleHerdabilidade para os caracteres ciclo vegetativo e estatura de planta em aveiapt_BR
dc.title.alternativeHeritability for heading date and plant height in oat en
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb000304767pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record