Show simple item record

dc.contributor.authorCarbonai, Davidept_BR
dc.contributor.authorBaum, Juliana Vivianpt_BR
dc.contributor.authorCamiz, Sergiopt_BR
dc.date.accessioned2021-02-11T04:10:25Zpt_BR
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.issn0250-7161pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/217884pt_BR
dc.description.abstractA Política Nacional de Resíduos Sólidos (pnrs) brasileira assigna aos municípios brasileiros a responsabilidade pela prestação dos serviços de limpeza urbana e a gestão de resíduos, no entanto, as pesquisas destacam as dificuldades, por parte dos próprios municípios, em adotar uma política que cumpra as obrigações da lei antes mencionada. O presente artigo explora o problema de partir das correspondências entre o próprio ambiente institucional municipal (os principais fatores socioeconômicos, políticos e culturais) e a gestão municipal dos resíduos (especificamente, a presença de um Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos). Depois de uma breve introdução ao tema, o texto apresenta uma análise descritiva da difusão dos Planos nas microrregiões do Rio Grande do Sul, a continuação, o artigo apresenta uma análise de correspondências múltiplas que proporciona de forma exploratória um quadro geral da gestão municipal de resíduos em seu ambiente institucional.pt_BR
dc.description.abstractThe National Solid Waste Policy (Política Nacional de Resíduos Sólidos, pnrs) assigns Brazilian municipalities the responsibility of providing urban cleaning and waste management services; however, scholars report the difficulty of municipalities in adopting a policy that meets the obligations of the aforementioned law. This article explores the correspondences between the municipal institutional environment itself (the main socioeconomic, political and cultural factors) and municipal waste management (specifically, the presence of an Integrated Solid Waste Management Plan). After a brief introduction to the issue, this paper shows a descriptive analysis of the presence of these plans in the mesoregions of Rio Grande do Sul. The article then presents a multiple correspondence analysis that provides an exploratory overview of municipal waste management in its institutional environment.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofEure. Santiago. Vol. 46, n. 138 (Mayo 2020), p. 139-153pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectUrban environmentpt
dc.subjectGestão de resíduospt_BR
dc.subjectUrban servicespt
dc.subjectAdministração pública municipalpt_BR
dc.subjectUrban sustainabilitypt
dc.subjectSustentabilidade ambientalpt_BR
dc.titleGestão municipal de resíduos e ambiente institucional no Rio Grande do Sulpt_BR
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb001120922pt_BR
dc.type.originEstrangeiropt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record