Show simple item record

dc.contributor.advisorAntonello, Cláudia Simonept_BR
dc.contributor.authorFranques, Letícia Oliveirapt_BR
dc.date.accessioned2020-11-19T04:15:36Zpt_BR
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/215189pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho estabelece a relação do processo seletivo com o a rotatividade de estagiários em uma cooperativa médica de Porto Alegre- RS, tendo como objetivo identificar e analisar de que maneira as práticas de seleção de pessoal podem contribuir para alta rotatividade de estagiários em uma cooperativa médica, bem como descrever as práticas de seleção adotadas pela organização, as expectativas dos estagiários ao ingressarem na organização, e analisar as causas da solicitação de desligamento a partir da ótica dos estagiários. A metodologia utilizada para realização do estudo foi qualitativa, levando em consideração as variáveis do estudo que exigiam uma percepção mais aprofunda dos entrevistados sobre o processo seletivo realizado na empresa e a representação do estágio para os estudantes. As entrevistas seguiram um roteiro semiestruturado, baseado nos resultados da primeira etapa do estudo, sendo aplicadas a estagiários atuais e ex- estagiários do setor de Relações Empresarias da cooperativa. Ao decorrer do estudo, a partir da análise dos resultados foi possível identificar a forma como ocorre o processo seletivo na empresa, bem como seus pontos positivos, limitações e sugestões de atualização. Também ficaram evidenciados os fatores que facilitam o estágio, como: competências desenvolvidas, relacionamento com os colegas e trabalho em equipe, fatores que dificultam o estágio, como: o atendimento telefônico, falta de liderança, falta de feedbacks freqüentes, limitações da aprendizagem informal, desvio de função, falta de treinamento formal, e problemas de comunicação e planejamento das atividades. Para avaliar a importância do estágio para os estudantes, verificou-se o motivo de realização do estágio e a percepção do estágio na empresa. E por fim, para compreendermos turnover de estagiários na empresa, buscou-se analisar os fatores que afetam a rotatividade e o motivo dos desligamentos. Desta forma, as principais consequências atreladas à rotatividade de estagiários na empresa são redução de produtividade, temporária, devido à saída de pessoal; necessidade de custos de recrutamento e seleção, em prol da recorrente abertura de processos para contratar novos estagiários e custos de treinamento, onde, apesar de não haver muitos treinamentos formais, há processos de treinamentos informais para inserção do novo estagiário no setor e aprendizagem informal, onde os próprios colegas (efetivos e estagiários) auxiliam o estagiário recém chegado para sua ambientalização na empresa.pt_BR
dc.description.abstractThis present work establishes the relationship between the selection process and trainee turnover in a medical cooperative in Porto Alegre-RS, aiming to identify and analyze how staff selection practices can contribute to high turnover of trainees in a medical cooperative. , as well as describe the selection practices adopted by the organization, the expectations of the interns upon joining the organization, and analyze the causes of the request for dismissal from the perspective of the interns. The methodology used to conduct the study was qualitative, taking into account the study variables that required a deeper perception of respondents about the selection process performed in the company and the representation of the internship for students. The interviews followed a semi-structured script, based on the results of the first stage of the study, and were applied to current and former interns in the cooperative's Corporate Relations sector. Throughout the study, from the analysis of the results it was possible to identify how the selection process occurs in the company, as well as its strengths, limitations and suggestions for updating. Factors that facilitate the internship were also highlighted, such as: developed skills, relationship with colleagues and teamwork, factors that make the internship difficult, such as: telephone attendance, lack of leadership, lack of frequent feedbacks, limitations of informal learning, misuse of duties, lack of formal training, and communication and activity planning problems. To assess the importance of the internship for the students, the reason for the internship and the perception of the internship in the company were verified. Finally, in order to understand trainee turnover in the company, we sought to analyze the factors that affect turnover and the reason for the dismissals. Thus, the main consequences linked to the turnover of interns in the company are reduced productivity, temporary, due to the departure of personnel; need for recruitment and selection costs, in favor of the recurring opening of processes for hiring new trainees and training costs, where, although there are not many formal trainings, there are informal training processes for entering the new trainee in the sector and informal learning, where the colleagues themselves (staff and interns) assist the newcomer internship in the company.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectProcesso seletivopt_BR
dc.subjectInternshipen
dc.subjectTurnoveren
dc.subjectEstagiáriospt_BR
dc.subjectRotatividade de pessoalpt_BR
dc.subjectSelective processen
dc.subjectInternsen
dc.subjectSelectionen
dc.subjectStudentsen
dc.titleImpacto do processo seletivo na rotatividade de estagiários de uma cooperativa médica de Porto Alegrept_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001119325pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentEscola de Administraçãopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2019/2pt_BR
dc.degree.graduationAdministraçãopt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record