Show simple item record

dc.contributor.advisorFreitas, Marcos Wellausen Dias dept_BR
dc.contributor.authorCarvalho, Carina Richardt dept_BR
dc.date.accessioned2020-01-31T04:13:27Zpt_BR
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/205251pt_BR
dc.description.abstractEste trabalho propõe contribuir com o reconhecimento quantitativo e qualitativo de serviços ecossistêmicos prestados pela aldeia mbyá-guarani Anhetenguá, situada na Lomba do Pinheiro em situação rururbana na cidade de Porto Alegre, através da aplicação de técnicas de Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento e utilizando a abordagem metodológica da Ecologia da Paisagem para a obtenção de valores de regeneração florestal na escala do interior da aldeia e do entorno. Além disso, este trabalho utilizou de técnicas da contracartografia para o envolvimento da comunidade com a linguagem cartográfica no levantamento de dados assim como na definição de recorte para análise do entorno a partir do reconhecimento da relevância das unidades de paisagem para a comunidade no decorrer no mapeamento. A metodologia seguiu os seguintes passos: (1) montagem de banco de dados geográficos (coletivo), (2) mapeamento das transições de uso e cobertura da terra e (3) cálculo das métricas de paisagem multitemporais. Os resultado para avaliação dos serviços ecossistêmicos prestados pela comunidade, o aumento da mancha de cobertura da terra, relacionada aos processos de regeneração, foi de 16,8% para 58,6% em relação à área da aldeia e para a área do entorno foi de 46,91% para 50,2% entre 1964 e 2019. A tendência de evolução temporal das áreas de cobertura da terra para análise da aldeia se mostra em ascensão para as datas mais recentes, enquanto o entorno se encontra estabilizada.pt_BR
dc.description.abstractThis work proposes to contribute to the quantitative and qualitative recognition of ecosystem services provided by the Anhetenguá mbyá-guarani community, located in Lomba do Pinheiro in a rururban region of Porto Alegre, through the application of Remote Sensing and Geoprocessing techniques and using the methodological approach of Landscape Ecology to obtain forest regeneration values on the scale of the interior of the community and the surrounding area. In addition, this work used counter-cartographic techniques to involve the community with the cartographic language in the data collection as well as the definition of an approach for the analysis of the environment from the recognition of the relevance of landscape units for the community throughout in mapping. The methodology followed the following steps: (1) organizing a (collective) geographic database, (2) mapping land use and land cover changes between 1964 and 2019, and (3) calculating multitemporal landscape metrics. As a result of the evaluation of the community-provided ecosystem services, the increase in land cover related to regeneration processes increased from 16.8% to 58.6% in relation to the village area and to the surrounding area from 46.91% to 50.2% between 1964 and 2019. The trend of temporal evolution of land cover areas for community analysis is on the rise for more recent dates, while the surroundings are stabilized.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectGISen
dc.subjectEcologia da paisagempt_BR
dc.subjectSIGpt_BR
dc.subjectEthnomappingen
dc.subjectEthnozoningen
dc.subjectServiços ecossistêmicospt_BR
dc.subjectEcosystem servicesen
dc.titleAplicação de Ecologia da Paisagem ao etnomapeamento e etnozoneamento de comunidade Mbyá-Guarani em espaços urbanos de Porto Alegrept_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001111140pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2019pt_BR
dc.degree.graduationGeografia: Bachareladopt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record