Show simple item record

dc.contributor.advisorOzorio, Carla Pennapt_BR
dc.contributor.authorAndrade, Marcos Linhares dept_BR
dc.date.accessioned2019-11-02T03:51:05Zpt_BR
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/201220pt_BR
dc.description.abstractAs praias arenosas estão continuamente sofrendo modificação, sejam pelas correntes marinhas, marés, ondas, vento, ou mesmo interferências antrópicas, o que exige adaptação constante por parte dos organismos que ali habitam. Outro fator que pode afetar é a Água Continental Subterrânea (ACS), que aflora na faixa de praia, podendo incrementar a concentração de nutrientes nesta região. Entre os consumidores primários presentes na zona costeira marinha destacam-se os organismos bentônicos meiofaunais por serem abundantes e diversificados, especialmente em praias arenosas. Estes habitam os espaços intersticiais do substrato nos ambientes encharcados e por apresentarem um curto ciclo de vida, respondem rapidamente às mudanças do ecossistema, sendo bons indicadores da qualidade ambiental. A falta de conhecimentos sobre a real contribuição das águas subterrâneas para o ecossistema marinho, principalmente em relação ao fornecimento de nutrientes para a zona costeira, foi o grande estímulo para este estudo. Portanto, avaliar a influência da descarga de ACS sobre a meiofauna, considerando áreas com diferente aporte de água continental na zona entremarés foi o objetivo deste trabalho. As áreas de amostragem foram escolhidas de acordo com dados pretéritos de descarga de ACS fornecidos por Rocha (2018), sendo elas Praia de Imbé e Praia de Quintão, ambas no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Foram realizadas dez amostragens durante seis meses com a extração de ACS para a análise de ortofosfato, dureza, nitrogênio amoniacal, cloretos/salinidade, condutividade, pH, temperatura, silicato, ferro total, além da coleta de sedimento, para cloretos, salinidade, clorofila a e granulometria e, ainda, para a meiofauna em seis réplicas aleatórias ao redor do ponto de extração de ACS. Em laboratório, os animais foram extraídos do sedimento pelo método de flotação e quantificados em filo, classe ou ordem. Foram identificados quatro grupos zoológicos, sendo 67,19 % composto por nematódeos, 21,59 % copépodes harpacticóides, 7,82 % turbelários, 0,31 % ácaros e ainda, um quinto grupo não identificado de metazoários, de corpo longo e achatado de aspecto leitoso, que constituiu 3,09 % da totalidade meiofaunal encontrada. Os resultados mostraram um maior número de organismos meiofaunais na praia de Quintão com densidade de 110,23 ind./10 cm², onde o sinal de ACS foi mais evidente no período em questão, contra uma densidade de 61,20 ind./10 cm² em Imbé. Entretanto, outros fatores podem ter contribuído para os resultados, como a morfologia da praia e a ação antrópica. Sendo o primeiro trabalho da região com este enfoque, os dados obtidos certamente servirão de base para futuras pesquisas relacionadas à contribuição da água subterrânea para a produtividade biológica dos sistemas costeiros.pt_BR
dc.description.abstractSandy beaches are continuously being modified, either by the sea currents, tides, waves, wind, or even anthropic interference, which requires constant adaptation by the organisms who live there. Another factor that can affect is the Continental Groundwater (ACS), which appears in the beach strip, and can increase the concentration of nutrients in this region. Among the primary consumers present in the marine coastal zone are the benthic organisms from meiofauna, which are abundant and diversified, especially on sandy beaches. These inhabit interstitial spaces of the substrate in soaked environments and due to their short life cycle, respond quickly to ecosystem changes and are good indicators of environmental quality. The lack of knowledge about the actual contribution of groundwater to the marine ecosystem, especially in relation to the supply of nutrients to the coastal zone, was the main stimulus for this study. Therefore, to evaluate the influence of ACS discharge on meiofauna, considering areas with different continental water supply in the intertidal zone was the objective of this work. The sampling areas were chosen according to previous ACS discharge data provided by Rocha (2018), being Imbé Beach and Quintão Beach, both on the North Coast of Rio Grande do Sul. Ten samples were taken during six months with ACS extraction for the analysis of orthophosphate, hardness, ammoniacal nitrogen, chlorides / salinity, conductivity, pH, temperature, silicate, total iron, and sediment collection for chlorides, salinity, chlorophyll a and granulometry and, also, samplings in six random replicates around the ACS extraction point, for meiofauna analysis. In the laboratory, the animals were extracted from the sediment by the flotation method and quantified in phylum, class or order. Four large zoologic groups were identified, being 67.19% of the organisms found were represented by nematodes, 21.59% harpacticoid copepods, 7.82% turbellarians, 0.31% mites, and a fifth group of unidentified metazoans organisms with long and flattened body and milky aspect, was recorded composing 3.09% of the total meiofauna founded. The results showed a higher number of meiofaunal organisms in the beach of Quintão with a density of 110,23 ind./10cm², where the signal of ACS was more evident in the period in question, against a density of 61,20 ind./10 cm² in Imbé. However, other factors may have contributed to the results, such as beach morphology and anthropic action. Being the first work of the region with this approach, the data obtained will certainly serve as a basis for future research related to the contribution of groundwater to the biological productivity of coastal systems.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectMeio faunapt_BR
dc.subjectÁgua subterrâneapt_BR
dc.subjectFatores ambientaispt_BR
dc.titleInfluência da descarga de água continental subterrânea sobre a meiofauna da zona entremaréspt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisor-coRocha, Cacinele Mariana dapt_BR
dc.identifier.nrb001099487pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Biociênciaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2019pt_BR
dc.degree.graduationCiências Biológicas: Ênfase em Biologia Marinha e Costeira: Bachareladopt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record