Show simple item record

dc.contributor.advisorCepik, Marco Aurelio Chavespt_BR
dc.contributor.authorChiarelli, João Rodriguespt_BR
dc.date.accessioned2010-01-29T04:16:09Zpt_BR
dc.date.issued2009pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/18433pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho aborda os aspectos concernentes ao emprego da Assistência Oficial para o Desenvolvimento (ODA) enquanto forma de investimento político perante os governos estrangeiros e a forma como o Japão estabelece uma diplomacia voltada a cooperação através da ajuda subvencionada, auxílio de empréstimo e assistência técnica. Tal prática é iniciada com os programas de reparação de guerra, na década de 50 e ao longo dos anos, o governo do Japão desenvolve instituições, entre elas, destaca-se a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) que irá gerir os recursos de assistência oficial. Esta ajuda oficial irá permitir que o Japão, não só melhore as relações diplomáticas para com os países asiáticos, mas também irá permitir o acesso a mercados regionais. Desta forma, o trabalho irá analisar a relação direta entre o desenvolvimento das empresas japonesas e a importância do Estado como gerenciador da ODA, dando destaque ao emprego do Japão em gerir um processo de integração econômica no sudeste e extremo oriente, tendo os ODA como principal vínculo de fomento para a consolidação de uma economia interligada.pt_BR
dc.description.abstractThis paper addresses the issues regarding the use of Official Development Assistance (ODA) as a form of investment policy towards foreign governments and how the Japanese diplomacy aimed at establishing a cooperation through subsidized aid, loan aid and technical assistance. This practice starts with the compensation programs of war in the 50s and over the years, the government of Japan is developing institutions, among which stands out the Japanese International Cooperation Agency (JICA) who will manage the resources of official assistance. The ODA will allow Japan, not only to improve diplomatic relations with the countries in Asia, but will also allow access to regional markets. The ODA will allow Japan, not only to improve diplomatic relations with the countries in Asia, but will also allow access to regional markets. Thus, the work will analyse the direct relationship between the development of Japanese firms and the importance of the State as manager of the ODA, by highlighting the job in Japan to manage a process of economic integration in South-east and Far East, with the ODA as the main link to promote the consolidation of a networked economy.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectJapanen
dc.subjectDiplomaciapt_BR
dc.subjectRelações internacionaispt_BR
dc.subjectJICAen
dc.subjectODAen
dc.subjectJapãopt_BR
dc.subjectJBICen
dc.subjectJapanese outsourcingen
dc.subjectIntegrationen
dc.subjectInstitutional analysisen
dc.titleAgência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) como ferramenta política : mecanismos de integração regionalpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000728828pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2009pt_BR
dc.degree.graduationCiências Sociais: Bachareladopt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record