Show simple item record

dc.contributor.advisorLima, Antonio Ernani Martinspt_BR
dc.contributor.authorFraga, Rodrigo Oliveirapt_BR
dc.date.accessioned2018-09-20T02:29:30Zpt_BR
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/182295pt_BR
dc.description.abstractA anomalia de mercado conhecida como sobrerreação consiste na reação exagerada dos agentes de mercado dado eventos recentes, que pode provocar distorções consistentes nos preços dos ativos ao longo do tempo. Tal efeito comportamental possibilita a utilização de estratégias contrárias para que se obtenham ganhos no mercado acionário. O presente trabalho visa ao teste da hipótese da existência de indícios que apontem para a ocorrência do fenômeno de sobrerreação no mercado acionário brasileiro, analisando-se o comportamento das ações negociadas na B3 ao longo do período 1995-2016. Para tal fim, foram montados portfólios vencedores e perdedores em diferentes janelas temporais, parâmetros para cálculo do retorno (retorno total e excesso de retorno frente ao mercado) e quantidades de ações em cada portfólio (10 e 5 ações). Após montadas as carteiras, seu comportamento posterior foi acompanhado com a finalidade de verificar a existência da possibilidade de se auferir lucros com estratégias contrárias. Foram utilizados testes t Student de diferenças de médias para que fosse avaliada a consistência dos retornos obtidos ao longo dos períodos analisados. Os resultados encontrados indicam que tais estratégias surtem efeito caso o rebalanceamento dos portfólios seja mensal, tanto ao se acumular os retornos de forma a computar sua variação total nos períodos ou colocando-os frente ao benchmark do mercado (Ibovespa). Nas demais janelas temporais, tal efeito não foi verificado. As conclusões obtidas indicam que a premissa da Hipótese dos Mercados Eficientes em que os preços são corrigidos pelo mercado de maneira a garantir que investidores não alcancem lucros através de desvios de precificação não é atendida para oscilações de curto prazo.pt
dc.description.abstractThe market anomaly known as overreaction consists of the overreaction of market agents given recent events, which can cause consistent distortions in asset prices over time. This behavioral effect allows the use of contrarian strategies to obtain gains in the stock market. The present work aims to test the hypothesis of the existence of evidence that indicates the occurrence of the phenomenon of overreaction in the Brazilian stock market, analyzing the behavior of the assets traded in B3 over the period 1995-2016. For that purpose, winning and loser portfolios were set up in different time windows, parameters for calculation of the return (total return and excess return to the market) and quantities of stocks in each portfolio (10 and 5 stocks). After the portfolios were set up, their subsequent behavior was monitored with the purpose of verifying the existence of the possibility of gaining profits with contrarian investment strategies. Student t tests of mean differences were used to evaluate the consistency of the returns obtained over the analyzed periods. The results indicate that such strategies have an effect if the rebalancing of the portfolios is monthly, either when accumulating the returns in order to compute their total variation in the periods or placing them in front of the market benchmark (Ibovespa). In the other time windows, this effect was not verified. The conclusions obtained indicate that the premise of the Efficient Market Hypothesis in which prices are corrected by the market so as to ensure that investors do not achieve profits through pricing deviations is not met for short-term oscillations.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectEconomiapt_BR
dc.subjectOverreactionen
dc.subjectContrarian investment strategiesen
dc.subjectStock marketen
dc.subjectBehavioral financeen
dc.titleSobrerreação no mercado acionário brasileiro : uma análise do período 1995-2016pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001076670pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Ciências Econômicaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2018pt_BR
dc.degree.graduationCiências Econômicaspt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record