Show simple item record

dc.contributor.advisorPeyré-Tartaruga, Leonardo Alexandrept_BR
dc.contributor.authorSilva, Edson Soares dapt_BR
dc.date.accessioned2018-06-26T02:31:18Zpt_BR
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/179736pt_BR
dc.description.abstractIntrodução: Os desafios enfrentados pelas pessoas com deficiência visual na mobilidade podem influenciar diretamente na segurança e autoconfiança no caminhar, sendo uma possível causa do sedentarismo nessa população. Embora a prática esportiva e exercícios físicos regulares possam modificar os fatores de risco de quedas, a relação e os parâmetros de locomoção e equilíbrio não estão estabelecidos. Objetivo: Avaliar e comparar o equilíbrio estático, a variabilidade dinâmica da caminhada, a velocidade autosselecionada de caminhada, o índice de reabilitação locomotor, a resistência muscular de membros inferiores e o medo de cair em deficientes visuais praticantes de esportes adaptados e pessoas com visão. Métodos: A amostra do estudo contou com 12 atletas de futebol e goalball com deficiência visual, classificação visual B1, idade: 31,5 ± 10,8 anos, massa corporal: 77,9 ± 16,9 kg e estatura: 169,2 ± 12,8 cm (grupo cegos GB) e 12 pessoas com visão preservada, idade: 26,5 ± 7,7, massa corporal: 74,5 ± 15,0 kg e estatura: 177,5 ± 11,5 cm (grupo controle CG). As variáveis de caracterização da amostra foram: idade, massa corporal, estatura, comprimento de membros inferiores, índice de massa corporal e nível de atividade física. Foram avaliados o equilíbrio estático, a variabilidade dinâmica da caminhada (CoV), a velocidade autosselecionada de caminhada (VAS), o índice de reabilitação locomotor (IRL), a resistência muscular de membros inferiores e o medo de cair em ambos os grupos Para normalidade e homogeneidade dos dados, foram utilizados o teste de Shapiro-Wilk e Levene, respectivamente. Para verificar a diferença entre os dois grupos foi utilizado o teste T para Amostras Independentes para as variáveis paramétricas, e o teste U de Mann-Whitney para as não paramétricas no (SPSS 20.0) e α= 0,05. Resultados: BG apresentaram menor equilíbrio estático 42,00 ± 17,01s do que CG 45,00 ± 00s (p = 0,039) quando CG realizaram o teste com os olhos abertos, porém não foi encontrada diferença quando CG realizou com os olhos fechados CG = 30,28 ± 17,02 (p = 0,843). Além disso, BG teve maior CoV de tempo de contato da perna direita (p=0,010), menor comprimento de passada (p=0,013), maior medo de cair (p = 0,014) que CG. Não foram encontradas diferenças entre BG e CG na resistência muscular dos membros inferiores BG (p = 0,319), SSWS (p = 0,076) e ILR (p = 0,201). Conclusão: A participação nos esportes com deficiência, além de garantir a resistência muscular dos membros inferiores que são importantes para as atividades de vida diária, parece tornar BG mais confiante em ter SSWS e ILR semelhantes às pessoas com visão preservada.pt_BR
dc.description.abstractIntroduction: The challenges faced by people with visual impairment in mobility can directly influence the safety and self-confidence in walking, being a possible cause of sedentarism in this population. Although sports practice and regular physical exercise can modify risk factors for falls, the relationship and parameters of locomotion and balance are not yet established. Objective: To evaluate and compare static balance, dynamic walking variability, self-selected walking speed, locomotor rehabilitation index, muscular endurance of lower limbs and fear of falling between visually impaired athletes, practitioners of disability sports, and sighted individuals. Methods: The sample comprised 12 soccer and goalball players with visual impairment, visual classification B1, age: 31.5 ± 10.8 years, body mass: 77.9 ± 16.9 kg and height: 169.2 ± 12.8 cm (blind group GB) and 12 sighted individuals, age: 26.5 ± 7.7 years, body mass: 74.5 ± 15.0 kg and height: 177.5 ± 11.5 cm (CG control group). The variables used to express the profile of the sample were: age, body mass, stature, lower limbs length, body mass index and physical activity level. Static balance, dynamic walking variability (CoV), self-selected walking speed (SSWS), locomotor rehabilitation index (LRI), muscular endurance of lower limbs and fear of falling in both groups were evaluated For normality and homogeneity of data, Shapiro-Wilk and Levene tests were applied respectively. To verify the differences between groups BG and CG, Independent T (parametric) and Mann-Whitney U tests (non-parametric) were carried out (SPSS 20.0) and α=0.05. Results: BG had lower static balance 42.00 ± 17.01s than CG 45.00 ± 00s (p=0.039) when CG performed with their eyes open, however no difference was found when CG performed with their eyes closed CG = 30.28 ± 17.02s (p=0.843). In addition, greater CoV of contact time of right leg (0.010), shorter stride length (0.013), higher average in fear of falling (p=0.014). No differences were found between BG and BC in muscular endurance of lower limbs BG (p=0.319), SSWS (p=0.076) and ILR (p=0.201). Conclusion: Disability sports participation, in addition to ensure muscular endurance of lower limbs that are important for daily living activities, it seems to become BG more confident in having SSWS and ILR similar to people with preserved vision.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectLocomotionen
dc.subjectLocomoção humanapt_BR
dc.subjectVisual impairmenten
dc.subjectMarchapt_BR
dc.subjectFunctionalityen
dc.subjectEsportes para pessoas com deficiênciapt_BR
dc.subjectBiomechanicsen
dc.subjectBiomecânicapt_BR
dc.subjectGaiten
dc.subjectDeficiência visualpt_BR
dc.subjectDisability sportsen
dc.titleA influência da prática esportiva no equilíbrio, resistência muscular, velocidade de caminhada e medo de cair em pessoas com deficiência visualpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001057331pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentEscola de Educação Física, Fisioterapia e Dançapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.graduationEducação Física: Licenciaturapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record