Show simple item record

dc.contributor.advisorPigatto, João Antonio Tadeupt_BR
dc.contributor.authorBettio, Marcellept_BR
dc.date.accessioned2018-05-16T02:27:59Zpt_BR
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/178262pt_BR
dc.description.abstractA leishmaniose visceral canina é considerada um problema de saúde pública por ser uma zoonose, e potencialmente fatal se não tratada. É causada pelo protozoário intracelular do gênero Leishmania, e os principais reservatórios são os cães domésticos. A transmissão da doença ocorre pela inoculação do agente no hospedeiro através do inseto hematófago. As manifestações clínicas são variadas, e as repercussões oculares são frequentes em cães infectados, podendo cursar, em alguns casos, de modo isolado ou associado a outras alterações sistêmicas. Blefarite, uveíte anterior e conjuntivite são os sinais oculares comumente relatados; porém, alterações menos frequentes como coriorretinite, descolamento de retina, celulite orbitária, glaucoma e catarata também podem ocorrer. O diagnóstico clínico da leishmaniose visceral canina é difícil devido à diversidade de sinais. Com isso, sorologia, exames parasitológicos e moleculares são necessários para confirmação diagnóstica. Objetiva-se realizar uma revisão bibliográfica sobre a leishmaniose visceral em cães e abordar os principais aspectos relacionados às repercussões oculares e perioculares ocasionadas por essa afecção. Com base no que foi pesquisado, é possível concluir que esta doença apresenta lesões oculares importantes em animais infectados. Por esse motivo, principalmente em áreas endêmicas, cães com manifestações oculares e perioculares características do segmento anterior do globo ocular e de lesões nos anexos oculares devem ser submetidos à exame oftálmico completo para diagnóstico diferencial de leishmaniose visceral canina.pt_BR
dc.description.abstractCanine visceral leishmaniasis is considered a public health problem since it is a zoonosis, and potentially deadly if left untreated. It is caused by the intracellular protozoan of the genus Leishmania, and domestic dogs are its main reservoir. Transmission occurs by inoculation of the agent into the host through hematophagus insect vectors. Clinical manifestations are varied, and ocular repercussions are frequent in infected dogs, whether isolated or accompanying systemic diseases in some cases. Although the most commonly reported signs are blepharitis, anterior uveitis and conjunctivitis, other and less frequent alterations such as chorioretinitis, retinal detachment, orbital cellulitis, glaucoma and cataract may also occur. Clinical diagnosis of canine visceral leishmaniasis is difficult due to the varied presentations. Therefore, serology, parasitological and molecular exams are necessary for confirmation. This study aims to do a literature review on visceral leishmaniasis in dogs and the main aspects related to ocular and periocular repercussions caused by this disease. Based on the researched material, it is possible to conclude that this disease presents important ocular lesions in affected animals. For this reason, especially in endemic areas, dogs with characteristic ocular and periocular manifestations of the anterior segment of the eye globe and lesions of the ocular annexes must undergo complete ophthalmologic evaluation for differential diagnosis of canine visceral leishmaniasis.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectOftalmologia Veterináriapt_BR
dc.subjectLeishmaniose visceralpt_BR
dc.subjectManifestacoes ocularespt_BR
dc.subjectCãespt_BR
dc.titleRepercussões oculares e perioculares da leishmaniose visceral em cãespt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001065886pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Veterináriapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2017/2pt_BR
dc.degree.graduationMedicina Veterináriapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record