Show simple item record

dc.contributor.advisorMoschen, Simone Zanonpt_BR
dc.contributor.authorKrinski, Sthefan dos Santospt_BR
dc.date.accessioned2017-04-27T02:23:54Zpt_BR
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/157160pt_BR
dc.description.abstractO trabalho procura delinear o papel e inserção das máscaras na cultura. Para tanto, ele é fundamentalmente divido em três partes que dizem da abrangência de um tema cuja elaboração convoca o aporte de vários campos de saber. Uma primeira dedica-se aos levantamentos antropológicos de Lévi-Strauss (1979) a respeito das máscaras e dos mitos com os quais o autor deparou-se no contato com tribos indígenas norte-americanas. Segue-se com leituras da psicanálise, versando sobre a questão do mito, da verdade e do semblante, de modo a contrapor com as noções de mentira e dissimulação tanto cotidianas como hermenêuticas – evocando um pretenso por trás sempre em funcionamento. Por fim, disserta-se sobre a relação da máscara com o rosto, tentando situar o último no emaranhando conceitual até então construído, mas o fazendo em conjugações com teorias da filosofia.pt
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectPsicanálisept_BR
dc.subjectMitospt_BR
dc.subjectMáscarapt_BR
dc.titleMáscara, rosto e a ética do estranhamentopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001015748pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Psicologiapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2016pt_BR
dc.degree.graduationPsicologiapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record