Show simple item record

dc.contributor.advisorAlgeri, Simonept_BR
dc.contributor.authorSouza, Silomar Leal dept_BR
dc.date.accessioned2014-12-05T02:16:49Zpt_BR
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/107792pt_BR
dc.description.abstractEste trabalho contempla uma retrospectiva histórica e atual sobre o diagnóstico de morte encefálica. Apresenta aspectos para discussão frente ao conceito de morte encefálica, os critérios clínicos e laboratoriais utilizados para realizar esse diagnóstico. O objetivo principal desse trabalho é subsidiar informações sobre esse tema controvertido, para fornecer dados atualizados aos profissionais e acadêmicos de Enfermagem, afim de melhorar a assistência para familiares e pacientes comatosos antes, durante e após a realização do diagnóstico de morte encefalica. A metodologia usada é de cunho qualitativo, exploratório descritivo, tipo pesquisa bibliográfica, segundo Gil (2002) com análise do material publicado em língua portuguesa no período de 1990 a 2007. A pesquisa bibliográfica realizada permite evidenciar que o conceito de morte encefálica proporciona adequar ética e legalmente o uso de órgãos de pacientes com lesões encefálicas irreversíveis e que não sobreviveriam sem um suporte avançado de vida. O conceito de morte encefálica não insere considerações sobre as questões filosóficas, culturais, religiosas mas somente a incapacidade de reversão da lesão neurológica e a incapacidade deste doente em manter a homeostasia corporal. Assim, apresenta-se algumas críticas sobre esse diagnóstico, conforme bibliografia consultada, uma vez que as discussões sobre morte encefálica evidenciam que o teste da apnéia pode agravar a lesão neurológica e a possibilidade de diagnósticos falsos positivos diante da impossibilidade das células nervosas responderem a estímulos quando submetidas a um fluxo sanguíneo muito baixo.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectMorte encefálicapt_BR
dc.subjectApnéiapt_BR
dc.subjectDoação de órgãospt_BR
dc.titleMorte encefálica : controvérsias e suas implicações para a enfermagempt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000605789pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentEscola de Enfermagempt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2007pt_BR
dc.degree.graduationEnfermagempt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record