Show simple item record

dc.contributor.advisorMasuero, Angela Borgespt_BR
dc.contributor.authorBusetto, Rafael Tozzopt_BR
dc.date.accessioned2014-06-10T02:05:39Zpt_BR
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/96340pt_BR
dc.description.abstractA crescente demanda por imóveis nas últimas décadas, fez com que algumas construtoras acelerassem seus processos construtivos para aumentar a oferta aos usuários. Dessa forma, encontra-se hoje em dia um cenário no qual a qualidade das obras vem diminuindo em função da pressão por prazos e custos menores, o que na verdade, não gera nenhuma economia, pois, em determinados casos, gera custos de manutenção significativos. Para suprir essas questões tem tecnologias, como o concreto usinado, que tem como objetivo fornecer um concreto de alta qualidade e reduzir o tempo despendido em concretagens. Uma propriedade importante e usada como controle de qualidade do concreto é a sua resistência à compressão, sendo avaliada através da moldagem e rompimento de corpos de prova cilíndricos, 28 dias após a moldagem. É fundamental um controle deste ensaio, contribuindo, assim, na redução de uma possível variabilidade do concreto. Entretanto, tem-se observado uma variabilidade excessiva nos resultados de resistência à compressão do concreto, muitas vezes associada à variabilidade decorrente do processo de moldagem, transporte, ruptura do corpo de prova, ou ainda ao próprio processo, faltando uma padronização maior na produção e dosagem dos materiais. Nesse trabalho comprovou-se que para o caso estudado, a concreteira A não conseguiu, ao longo de todo o processo, produzir um concreto com resistência à compressão adequada para uma obra situada em Porto Alegre. Essa conclusão está apoiada ao fato de que 7 das 31 concretagens realizadas, não atingiram a resistência característica mínima exigida pelo projetista para a estrutura em questão.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectEngenharia civilpt_BR
dc.titleResistência à compressão do concreto : análise da variabilidade em corpos de prova moldados em obra situada em Porto Alegrept_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000914941pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentEscola de Engenhariapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2013pt_BR
dc.degree.graduationEngenharia Civilpt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record