Mostrar el registro sencillo del ítem

dc.contributor.advisorCapp, Edisonpt_BR
dc.contributor.authorOliveira, Francisco Jorge Arsego Quadros dept_BR
dc.date.accessioned2021-04-02T04:24:23Zpt_BR
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/219391pt_BR
dc.description.abstractA residência médica é uma modalidade de pós-graduação baseada no treinamento em serviço. Foi criada nos Estados Unidos no final do século XIX e é considerada, ainda hoje, como o padrão-ouro na formação de médicos especialistas em todo o mundo. Tem sido observado que cada programa de residência possui características muito particulares que compõem o seu ambiente educacional, a ponto de ser possível definir uma cultura própria, que, por sua vez, marcará tanto a identidade profissional do médico egresso como a sua atuação assistencial de forma indelével. Entretanto, as grandes mudanças verificadas na assistência à saúde bem como no próprio processo educativo nos últimos anos, reflexo direto do processo de complexificação crescente do mundo atual, têm sido apontadas como uma das fontes potenciais de conflitos intergeracionais entre preceptores e residentes. O objetivo principal desse trabalho foi estudar os elementos que constituem a identidade profissional vinculada ao Programa de Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e como ela é percebida pelos seus residentes e preceptores. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de cunho qualitativo, baseada em entrevistas e grupo focal com residentes e preceptores desse programa por meio de um roteiro pré-definido e em observação etnográfica dos seus diversos campos de prática. Os dados coletados foram codificados e analisados em categorias principais relacionadas ao ambiente, ao modelo educacional e à construção da identidade profissional. Os resultados mostram que o Programa de Residência possui características próprias que o diferencia dos demais, exercendo uma influência marcante na trajetória profissional dos seus egressos.pt_BR
dc.description.abstractMedical residency is a graduate educational modality based in practice under supervision. It was established in the United States at the end of the 19th century and is still regarded as the gold standard in the training of medical specialists worldwide. It has been observed that each residency program has its own peculiar features which creates a unique educational environment, leading to define its own culture. This educational model will define both the resident professional identity and his or her health care performance permanently. As a direct consequence of the increasing complexification process in the world, major changes in health care as well as in the educational process in recent years have been singled out as one of the potential sources of intergenerational conflicts between preceptors and residents. The objective of this work was to study the elements that constitute the identity formation and the organizational culture related to the Residency Program in Gynecology and Obstetrics of the Hospital de Clínicas de Porto Alegre and its impact on the medical education of its residents. Therefore, a qualitative research was conducted, based on interviews and a focus group with residents and preceptors of this program through a pre-defined script and ethnographic observation of their various fields of practice. The collected data was coded and analyzed in main categories related to the environment, educational model and the process of professional identity formation. The results show that the Residency Program in question has its own characteristics that differentiate it from the others, exerting a marked influence on the professional trajectory of its residents.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectMedical residencyen
dc.subjectResidência médicapt_BR
dc.subjectEducação em saúdept_BR
dc.subjectProfessional identityen
dc.subjectGinecologiapt_BR
dc.subjectEducational environmenten
dc.subjectObstetríciapt_BR
dc.subjectInternato e residênciapt_BR
dc.titleAnálise da formação da identidade profissional de ginecologistas-obstetras na residência médicapt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.identifier.nrb001123826pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Medicinapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Ginecologia e Obstetríciapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2021pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Ficheros en el ítem

Thumbnail
   

Este ítem está licenciado en la Creative Commons License

Mostrar el registro sencillo del ítem