Show simple item record

dc.contributor.advisorElsner, Viviane Rostirolapt_BR
dc.contributor.authorFraga, Iasmin Borgespt_BR
dc.date.accessioned2021-02-06T04:18:31Zpt_BR
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/217762pt_BR
dc.description.abstractIntrodução: A população idosa aumentou exponencialmente nas últimas décadas. Evidências atuais na literatura têm sugerido que modificações epigenéticas estão associadas com envelhecimento e surgimento de doenças. Assim, é necessário a criação de estratégias preventivas e terapêuticas para esta população. Neste contexto, a prática de exercício físico regular tem sido abordada como uma opção não farmacológica eficaz para aprimorar desfechos clínico-funcionais, cognição e qualidade de vida de idosos. Existem pesquisas demonstrando os benefícios da atividade física em idosos institucionalizados, porém os mecanismos moleculares envolvidos não estão elucidados. Objetivos: Avaliar o efeito de um protocolo de treinamento físico sobre desfechos clínico-funcionais e marcadores epigenéticos em sangue periférico de idosos institucionalizados. Metodologia: Estudo clínico longitudinal intervencionista quase-experimental, composto por 8 idosos com média de idade de 73,38±11,28 anos, sendo 87,5% mulheres e 12,5% homens. Estes foram submetidos a um protocolo de exercício combinado (aeróbico e resistência) durante 8 semanas, 2 vezes semanais, 1 hora/sessão. Os voluntários foram avaliados nos momentos pré e pós-intervenção, e as variáveis coletadas incluíram: cognição (Mini Exame do Estado Mental); qualidade de vida (Whoqol-Bref); sarcopenia (pelos critérios de força de membros superiores (dinamometria), velocidade da marcha (Time Up and Go Test) e trofismo muscular (circunferência da panturrilha); risco de quedas (Escala de Equilíbrio de Berg); equilíbrio (Time Up and Go Test); funcionalidade (índice de Katz); capacidade funcional (Teste de Caminhada de 6 Minutos); dados antropométricos (peso, altura e índice de massa corporal); e marcadores epigenéticos (acetilação global das histonas H3 e H4 e níveis de BDNF), para quais foi realizada coleta sanguínea (15 ml). A dosagem dos marcadores epigenéticos foi realizada através de kit comercial conforme instruções do fabricante.pt_BR
dc.description.abstractIntroduction: The elderly population has increased exponentially in recent decades. Current evidence in the literature has suggested that epigenetic changes are associated with aging and disease onset. Thus, it is necessary to create preventives and therapies for this population. In this context, the practice of regular physical exercise has been approached as an effective non-pharmacological option to improve clinical-decisive outcomes, cognition and quality of life in the elderly. There are researches showing the benefits of physical activity in institutionalized elderly, but the molecular mechanisms involved are not elucidated. Objectives: To evaluate the effect of a physical training protocol on clinical-functional outcomes and epigenetic markers in peripheral blood of institutionalized elderly. Methodology: Quasi-experimental interventional longitudinal clinical study, comprising 8 elderly people with a mean age of 73.38 ± 11.28 years, 87.5% women and 12.5% men. These were submitted to a combined exercise protocol (aerobic and resistance) for 8 weeks, 2 times a week, 1 hour / session. The volunteers were assessed before and after the intervention, and the variables collected included: cognition (Mini Mental State Examination); quality of life (Whoqol-Bref); sarcopenia (by the criteria of upper limb strength (dynamometry), gait speed (Time Up and Go Test) and muscle trophism (calf circumference); risk of falls (Berg Balance Scale); balance (Time Up and Go Test ); functionality (Katz index); functional capacity (6-minute walk test); anthropometric data (weight, height and body mass index); and epigenetic markers (global acetylation of histones H3 and H4 and BDNF levels), for which blood collection was performed (15 ml). The dosage of epigenetic markers was performed using a commercial kit according to the manufacturer's instructions.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectAgingen
dc.subjectEnvelhecimento : Fisiologiapt_BR
dc.subjectExercício físicopt_BR
dc.subjectRisk of fallingen
dc.subjectFator neurotrófico derivado do encéfalopt_BR
dc.subjectCognitionen
dc.subjectQuality of lifeen
dc.subjectEpigenômicapt_BR
dc.subjectInstituição de longa permanência para idosospt_BR
dc.subjectBalanceen
dc.subjectPhysical exerciseen
dc.subjectEpigeneticsen
dc.titleEfeito de um protocolo de treinamento físico combinado sobre desfechos clínico-funcionais e modulação de marcadores epigenéticos em idosos institucionalizadospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001122355pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Ciências Básicas da Saúdept_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Fisiologiapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2020pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record