Show simple item record

dc.contributor.advisorLeite, Carlos Augusto Bonifáciopt_BR
dc.contributor.authorCardoso, Vitória Lianept_BR
dc.date.accessioned2021-01-30T04:18:08Zpt_BR
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/217633pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho se propõe a analisar o conto “Amor” de Clarice Lispector utilizando como base a teoria dos instintos, de Sigmund Freud, e a crítica políticosocial, de Herbert Marcuse, aos estudos psicanalíticos. Objetiva-se examinar a trajetória da personagem pelo viés psicossocial, observando o funcionamento dos mecanismos sistemático de repressão e o movimento de libertação dos instintos. Para isso, primeiramente, realiza-se a ambientação da produção do conto através de breve uma revisão biográfica comentada da vida da autora. Em seguida, apresentam-se alguns aspectos da base teórica, necessários para o seguimento do estudo. A análise guiada estrutura-se com a retomada do conto e o apontamento de correlações possíveis entre a base teórica e o texto literário. Espera-se, ao fim deste trabalho, recuperar a discussão sobre os mecanismos repressores da sociedade vigente a possibilidade de uma sociedade liberta.pt_BR
dc.description.abstractThe objective of this study is to analyse Clarice Lispctor’s short story “Amor”, using as theoretical base Sigmund Freud’s theory of instincts and Herbert Marcuse’s critical review of Freud ideas. The main goal of this work is to examine the character’s path through a social and political perspective, noticing the functionality of the systematic oppression’s mechanisms and the instincts’ liberational motion. To do so, the short story writing process was contextualized through a brief biografic review of Lispector’s life. Following, some aspects from the theoretical base are presented. The analysis is structured resuming the short story while pointing to the possible correlations between the text and the theory. It is expected, at the end of this work, to restore the discussion about the systematic oppression’s mechanisms and the possibility to build a society based on freedom.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectLispector, Clarice, 1925-1977 : Conto : Crítica e interpretaçãopt_BR
dc.subjectliterary reviewen
dc.subjectErosen
dc.subjectAnálise literáriapt_BR
dc.subjectEros (deus do amor)pt_BR
dc.subjectrepressionen
dc.subjectRepressãopt_BR
dc.subjectcivilizationen
dc.subjectpsicanalysisen
dc.subjectCivilizaçãopt_BR
dc.subjectPsicanálisept_BR
dc.subjectPsicanalise e literaturapt_BR
dc.title“Amor” de Clarice : uma leitura psicossocial da representação de Eros no contopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001121927pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Letraspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2020pt_BR
dc.degree.graduationLetras: Licenciaturapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record