Show simple item record

dc.contributor.advisorCarlin, Diego de Oliveirapt_BR
dc.contributor.authorAllama, Ana Caroline Lemospt_BR
dc.date.accessioned2019-08-03T02:31:46Zpt_BR
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/197620pt_BR
dc.description.abstractO presente estudo busca analisar o comportamento das despesas orçamentárias dos municípios gaúchos, nos anos de 2004 a 2017, e sua relação com os ciclos políticos eleitorais. Partindo-se do pressuposto de que a área da contabilidade relacionada à elaboração do orçamento público é uma das principais bases para tomadas de decisão dos gestores públicos. A pesquisa é descritiva, utiliza o método quantitativo para abordagem do problema e documental no que tange aos procedimentos utilizados. Foram analisadas as variações das despesas correntes e de capital no período citado, com foco nos grupos “despesa de pessoal e encargos sociais”, “outras despesas correntes” e “despesas de investimento”, em um total de 430 municípios, com o objetivo de identificar se há relação dessas variações com o ciclo político eleitoral. Os resultados do estudo evidenciaram que os gastos municipais variam conforme a etapa do ciclo. Além disso, eles apresentam diferentes comportamentos quando há reeleição do partido e quando não há, sendo as despesas de capital, mais precisamente as despesas de investimentos, as mais afetadas por essas variáveis. O estudo contribui no quesito de acompanhamento das finanças públicas, e até mesmo como uma forma de aumentar a transparência dessas informações.pt_BR
dc.description.abstractThis study aims to analyze the behavior of the budgetary expenses of Rio Grande do Sul state cities between 2004 and 2017 and its relation with the electoral political cycles, based on the assumption that the part of the accounting related to the public budget elaboration is one of the most important base to decision making from the public managers. This research was descriptive, classified as quantitative regarding the approach to the problem and also documentary concerning the used procedures. It was analyzed the changes in current and capital expenses in the period, focusing on some groups, such as: “personnel expenses and social charges”; “another current expenses”; and “investment expenses”, on a total of 430 cities with the goal to identify the possibility that these fluctuations are related to each political cycle. The results showed that the expenses change accordingly to the cycle. Besides that, it represents different behavior when there is a re-election of the party and when there isn’t. Being the capital expenditure, more precisely the investment expenses, the most affected by these variables. This study contributes as a way of monitoring the public finances, helping even to increase the public transparency related to this kind of information.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectOrçamento públicopt_BR
dc.subjectElectoral Political Cyclesen
dc.subjectMunicipal Expendituresen
dc.subjectRio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectPublic Budgeten
dc.titleO efeito dos ciclos políticos eleitorais nos orçamentos dos municípios do Rio Grande do Sul : uma análise de 2004 a 2017pt_BR
dc.title.alternativeThe effect of electoral political cycles on the budgets of Rio Grande do Sul’s municipalities : an analysis from 2004 to 2017en
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001098022pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Ciências Econômicaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2019pt_BR
dc.degree.graduationCiências Contábeispt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record