Show simple item record

dc.contributor.advisorZampieri, Fabio Lúcio Lopespt_BR
dc.contributor.authorGeremia, Alessandropt_BR
dc.date.accessioned2019-01-31T02:33:25Zpt_BR
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/188471pt_BR
dc.description.abstractTravessias urbanas são trechos de rodovias que atravessam áreas urbanizadas. É inegável o estreito vínculo entre cidades e estradas. Historicamente, estes caminhos atraíram, ao longo do seu traçado, a ocupação de núcleos populacionais gerando aglomerações urbanas. Entretanto, de forma paradoxal, ao mesmo tempo em que as cidades e as estradas estão umbilicalmente ligadas, esta relação traz uma série de conflitos entre elas. Os impactos na acessibilidade urbana crescem de maneira exponencial quando estes trechos rodoviários são duplicados, isto é, quando possuem mais de uma pista de rolamento, com separação física entre as pistas. A duplicação de uma travessia urbana tende a promover uma alteração abrupta no tecido urbano. Nesse contexto, ganha relevância o conceito de resiliência urbana, que pode ser definida, como a capacidade de um sistema suportar transformações repentinas. Este trabalho objetiva analisar os efeitos da implantação de duplicação de travessias urbanas na configuração espacial das cidades, aferindo o nível da resiliência urbana à tal intervenção e o comportamento geral da estrutura urbana. Como estratégia de pesquisa, utilizou-se de estudo de caso, composto por cidades cujo território é atravessado por rodovias que estão em processo de duplicação. A área urbana destes assentamentos foi descrita e analisada valendo-se das ferramentas, técnicas e métodos da Teoria da Sintaxe Espacial. Realizou-se um estudo comparativo entre a configuração urbana em dois momentos distintos: i) situação original, com a travessia em pista simples, e ii) cenário com a implantação do projeto de duplicação da rodovia. Verificou-se que no cenário com a duplicação da rodovia, houve uma expressiva transformação na estrutura urbana e nas relações entre os seus elementos. Esta transformação é mais significativa nos sistemas menores, compostos por reduzido número de linhas. No segundo cenário, constatou-se, sob o prisma configuracional, uma diminuição nos níveis de resiliência urbana em todos os casos estudados. Estes níveis sofreram maior impacto nos assentamentos em que a rodovia contribuiu de modo fundamental no surgimento, ou desenvolvimento, da cidade e em que a rodovia já está incorporada de forma preponderante ao sistema viário local. Assim, foi possível concluir que a duplicação de travessias urbanas, no modo como é comumente realizada, majora os efeitos negativos proporcionados pela rodovia na configuração espacial das cidades, embora, em algumas situações, a duplicação da rodovia apresentou potenciais benefícios para a configuração espacial da cidade.pt_BR
dc.description.abstractUrban crossings are parts of highways that cross urban areas. The close connection between cities and streets, historically, is undeniable. These paths have attracted the occupation of population centers along their course, generating urban agglomerations. However, paradoxically, at the same time in which cities and highways are integrally linked, this relation presents a series of conflicts between them. The impacts on accessibility of the urban fabric grow exponentially when these highway paths are duplicated, that is, when they have more than one land, with a physical barrier between the lanes. The duplication of an urban crossing tends to lead to an abrupt change in the urban fabric. In this context, the concept of urban resilience becomes relevant, which can be defined as the capacity for a system to support sudden transformations. Given the above, this work aims to analyze the effects of establishing duplicated urban crossings in the spatial configuration of cities, assessing the level of urban resilience to this intervention and the overall behavior of the urban structure. As a research strategy, we used a case study, composed of: The District of Anhanduí/MS, Itaquiraí/MS, Fazenda Rio Grande/PR and Congonhas/MG, whose territory is crossed by highways that are in the process of being duplicated. The urban area of these settlements was described and analyzed making use of tools, techniques and methods from the Theory of Space Syntax. We carried out a comparative study between the urban configuration at two different moments: i) the original situation, with single-lane highways, and ii) the situation with the implementation of the highway duplication project. We determined that the highway duplication provoked a transformation in the urban structure and in the relations between its elements, with the most significant being in the smaller systems, composed of a reduced number of lines. In the second situation, we observed, from the configurational perspective, a decrease in the levels of urban resilience in all cases studied. These levels suffered the greatest impact in the settlements in which the highway contributed fundamentally to the emergence or development of the city and in which the highway was already incorporated predominantly to the local highway system. Therefore, it was possible to conclude that the duplication of urban crossings, as is usually done, escalates the negative effects resulting from the highway in the spatial configuration of the cities, although in some situations the duplication of the highway presented potential benefits to the spatial configuration of the city.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectUrban crossingsen
dc.subjectRodoviaspt_BR
dc.subjectSpace syntaxen
dc.subjectUrban resilienceen
dc.titleEfeitos na malha urbana ocasionados pela duplicação de rodovias : análise da resiliência urbana sob a perspectiva da sintaxe espacialpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001086487pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Arquiteturapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regionalpt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2018pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record