Show simple item record

dc.contributor.advisorRibeiro, Andrea Machado Lealpt_BR
dc.contributor.authorVilella, Lucas de Marquespt_BR
dc.date.accessioned2018-07-24T02:28:01Zpt_BR
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/180588pt_BR
dc.description.abstractO crescimento constante da população mundial, aumentará a necessidade de produção de alimentos. Diante dessa situação a FAO estima um aumento entre 60–70% no consumo de proteína de origem animal. Este aumento de consumo demanda uma grande quantia de recursos naturais, cada vez mais limitados, seja por fatores ambientais (mudanças climáticas, reservas naturais), ou políticos. O aumento do uso de grãos para produção de biocombustíveis também aumenta a competição produtiva e acaba aumentando os custos das matérias primas. Portanto sabendo-se das necessidades crescentes da produção animal, especialmente de forma sustentável, que atenda os desejos dos consumidores e que não eleve os custos da produção, é necessário procurar alternativas que possam suprir estas demandas. Dentro deste conceito a utilização de insetos na alimentação animal pode ser uma alternativa. Os insetos já fazem parte da dieta de diversas espécies na natureza e animais silvestres em cativeiro, como zoológicos, recebem insetos produzidos em biotérios em suas dietas Em criações extensivas de aves, é comum que os animais consumam insetos presentes no ambiente. Insetos tem um ciclo de vida rápido, crescem e se reproduzem facilmente pois as fêmeas põem milhares de ovos e podem ser criados em resíduos biológicos. Muitos são agentes decompositores e têm ótima conversão alimentar, pois não produzem calor por terem sangue frio. Um quilo de insetos pode ser produzido com uso de aproximadamente dois quilos de biomassa; como resultado convertem matéria, que seria descartada, em alimento de alto valor nutricional. São ricos em gordura e proteína e seu conteúdo mineral vária conforme a espécie e a fase do ciclo de vida em que são utilizados, porém são associados à sujeira e à falta de sanidade. O trabalho abordará as possibilidades de uso de insetos como alimento e os fatores que afetam sua produção, como a tecnologia para produção de insetos, quais espécies podem ser utilizadas, quais as vantagens e desvantagens da produção de insetos, quais são os valores nutricionais deste tipo de alimento, quais as formas possíveis de uso, e como se encontram as questões de pesquisa sobre o assunto.pt_BR
dc.description.abstractThe steady growth of the world's population will increase the need for food production. Faced with this situation the FAO estimates an increase between 60-70% in the consumption of animal protein. This increase in consumption demands a large amount of natural resources, increasingly limited by environmental factors (climate change, natural reserves), or political factors. Increased use of grain for biofuel production also increases productive competition and ends up increasing raw material costs. Therefore, knowing the growing needs of animal production, especially in a sustainable way, that meets the desires of consumers and does not raise the costs of production, it is necessary to look for alternatives that can meet these demands. Within this concept the use of insects in animal feed may be an alternative. Insects are already part of the diet of several species in the wild and wild animals in captivity, such as zoos, receive insects produced in bioterrories in their diets. In extensive breeding of birds, it is common for animals to consume insects present in the environment Insects have a fast life cycle, grow and reproduce easily because females lay thousands of eggs and can be bred in biological waste. Many are decomposing agents and have excellent feed conversion, as they do not produce heat because they are cold blooded. One kilogram of insects can be produced using approximately two kilograms of biomass; as a result convert matter, which would be discarded, into food of high nutritional value. They are rich in fat and protein and their mineral content varies according to the species and stage of the life cycle in which they are used, but they are associated with dirt and lack of sanity. The work will address the possibilities of using insects as food and the factors that affect their production, such as technology for insect production, which species can be used, what are the advantages and disadvantages of insect production, what are the nutritional values of this type of food, what are the possible ways of using it, and how to find the research questions on the subjecten
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectNutricao animalpt_BR
dc.subjectEdible insectsen
dc.subjectNutritional valueen
dc.subjectInsetopt_BR
dc.subjectValor nutritivopt_BR
dc.subjectCrude proteinen
dc.subjectProteina brutapt_BR
dc.titleProdução de insetos para uso na alimentação animalpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001072223pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Agronomiapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2018pt_BR
dc.degree.graduationZootecnia: Bachareladopt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record