Show simple item record

dc.contributor.authorPastore, Ana Paula Winterpt_BR
dc.contributor.authorCanal, Nataliapt_BR
dc.contributor.authorCosta, Marisa dapt_BR
dc.contributor.authorCorção, Gertrudespt_BR
dc.date.accessioned2018-06-15T02:48:38Zpt_BR
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.issn1679-2343pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/179389pt_BR
dc.description.abstract(Grupamento filogenético baseado em PCR triplex de Escherichia coli multiresistentes de origem ambiental, humana e animal). A bactéria Escherichia coli é largamente utilizada como indicador biológico de contaminação fecal devido à sua ubiquidade em fezes. No entanto, possui também a capacidade de persistir e multiplicar em ambientes fora do seu habitat primário. A subestrutura genética de E. coli pode ser determinada através de presença/ausência dos genes chuA e yjaA e do fragmento de DNA TspE4.C2, com base nesta metodologia cepas podem ser classificadas como pertencentes aos filogrupos A, B1, B2 ou D. Este estudo teve como objetivo realizar a determinação filogenética através do método de PCR triplex de cepas de E. coli multirresistentes provenientes de amostras ambientais, animais e humanas. As cepas de origem animal e humana foram associados a perfis de multirresistencia mais amplos (7 a 13 antimicrobianos) e à produção de beta-lactamases de espectro estendido (ESBL). A determinação filogenética demonstrou que os filogrupos B1 (49%) e A (34%) foram os mais prevalentes e os filogrupos D (11%) e B2 (6%), os menos representativos. Os filogrupos A e B1, também foram os mais relacionados a ampla multiresistencia. Os resultados indicaram que todos isolados deste estudo, inclusive os de origem ambiental, são associados a microbiota comensal de humanos e animais e não cepas responsáveis por infecções extraintestinais e que as populações de E. coli analisadas sofreram prévia exposição a antimicrobianos de amplo espectro.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoengpt_BR
dc.relation.ispartofRevista Brasileira de Biociências : Brazilian Journal of Biosciences. Porto Alegre. Vol. 14, n. 3 (jul./set. 2016), p. 167-174pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectEscherichia colien
dc.subjectEscherichia colipt_BR
dc.subjectFilogeniapt_BR
dc.subjectPhylogroupen
dc.subjectAntimicrobial resistanceen
dc.subjectPoultryen
dc.subjectSwineen
dc.subjectWateren
dc.titlePhylogenetic grouping based on triplex PCR of multiresistant Escherichia coli of environmental, human and animal originpt_BR
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb001064440pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record