Mostrar el registro sencillo del ítem

dc.contributor.advisorCosta, Fernanda Vieira Amorim dapt_BR
dc.contributor.authorSilva, Débora dos Santospt_BR
dc.date.accessioned2017-11-22T02:26:20Zpt_BR
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/170514pt_BR
dc.description.abstractConsiderando a rotina clínica da medicina felina, o manejo possui relevância considerável na abordagem do gato por parte da equipe veterinária, uma vez que determina a qualidade e a eficiência de um atendimento ideal para esses animais, tão particulares na clínica médica de pequenos animais. É necessária uma equipe especializada, além de tutores capazes de lidar com seus gatos, a fim de minimizar o medo, a agressão e o estresse que, além de gerar desconforto ao animal e ao proprietário, pode alterar o exame físico e os testes laboratoriais e levar a diagnósticos equivocados e tratamentos desnecessários. Com uma abordagem cat-friendly, teremos pacientes mais saudáveis, com reduzida possibilidade de desenvolverem doenças relacionadas ao stress, decorrentes do manejo inadequado pelo veterinário e proprietário. Ainda, atendimentos diferenciados aumentam a expectativa de vida desses animais, uma vez que a ida ao veterinário não é mais um empecilho ao bem-estar do gato e este poderá ser avaliado sempre que necessário, recebendo o mínimo de interferência social. Este trabalho traz uma revisão das principais questões referentes ao comportamento felino e objetiva salientar a importância de manejar, de forma ideal, o gato na prática, envolvendo o médico veterinário, o tutor e o paciente como protagonistas que se complementam, atingindo uma sintonia essencial à saúde do felino.pt_BR
dc.description.abstractConsidering the clinic routine, the management has considerably relevance in the approach of the veterinary team, the cat, since it determinates the quality and efficiency of a proper reception for these animal, so particular at the small animal medical clinic. In order to minimize fear and aggression, stress that, besides generating discomfort to the pet and his owner, may alter the physical exam and laboratory tests, resulting in incorrect diagnosis and unnecessary treatments. With the cat-friendly approach we'll have healthier patients, with less chances to develop stress related diseases, due to inappropriate handling by the owner and the veterinarian. Still, specialized caring may increase cat's life expectancy, once the trip to the clinic is no longer a issue to the cat welfare and the patient can be attended as needed, with a minim of social interference. To avoid this, is recommended owners capable to deal with their cats and a specialized veterinary team. This paper presents a review of the main issues regarding feline behavior and objectives emphasize the importance of the correct cat's management in practice, involving the veterinarian, the owner and the patient, as protagonists that complement themselves, achieving an ideal feline health.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectClinica veterinariapt_BR
dc.subjectCat-friendlyen
dc.subjectOwneren
dc.subjectComportamento animalpt_BR
dc.subjectStressen
dc.subjectBem-estar animalpt_BR
dc.subjectVeterinarianen
dc.subjectEstressept_BR
dc.subjectWelfareen
dc.subjectManejopt_BR
dc.subjectGatospt_BR
dc.titleNovas diretrizes para o manejo clínico do paciente felinopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001050729pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Veterináriapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2017/1pt_BR
dc.degree.graduationMedicina Veterináriapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Ficheros en el ítem

Thumbnail
   

Este ítem está licenciado en la Creative Commons License

Mostrar el registro sencillo del ítem