Show simple item record

dc.contributor.authorLavinsky, Luizpt_BR
dc.contributor.authorGoycoolea, Marcos V.pt_BR
dc.contributor.authorZwetsch, Yubeript_BR
dc.date.accessioned2017-07-22T02:39:31Zpt_BR
dc.date.issued1999pt_BR
dc.identifier.issn0101-5575pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/164267pt_BR
dc.description.abstractOBJETIVO: Apresentar uma nova técnica alternativa para o tratamento cirúrgico de vertigem causada pela Doença de Ménière, a utriculostomia, desenvolvida no HCPA. MATERIAIS E MÉTODOS: A utriculostomia, que tem por base a obtenção de uma fístula permanente no labirinto membranoso, através da aplicação de calor localizado, comunicando os espaços endo e perilinfático em nível do utrículo, foi testada em 12 ovelhas, utilizando um microcautério por radiofreqüência com tempo de exposição e temperatura programáveis. RESULTADOS: Os resultados da utriculostomia foram verificados através da comparação de padrões histológicos de ossos temporais de animais normais e operados. Ao buscarem identificar a presença de neomembrana ou descontinuidade do utrículo, os autores constataram a existência de neomembrana em 3 dos 5 animais operados, não havendo registro de nenhum caso de descontinuidade do utrículo. CONCLUSÃO: Foi viável a realização da cirurgia conservadora e seletiva do utrículo por via da janela oval no vestíbulo em ovelhas. Ficou demonstrada, ainda, a viabilidade desta técnica cirúrgica mediante o uso do microcautério desenvolvido para este fim.pt_BR
dc.description.abstractOBJECTIVE: To describe a new technique for the surgical treatment of vertigo caused by Ménière's disease, the utriculostomy, developed at HCPA. MATERIALS AND METHODS: The utriculostomy is based on the obtainment of a permanent fistule in the membranous labirynth, through the application of local heat to enable the endo and perilymphatic spaces to communicate in the utricule level. The technique was tested in 12 sheep, using a microcautery by radiofrequency with programmable time and temperature. RESULTS: A histologic study of the temporal bones was performed to assess the outcome of the utriculostomy. A neomembrane was observed in three out of five operated sheep. There were no cases of utricule discontinuity. CONCLUSIONS: The results attest to the feasibility of performing the utriculostomy through the oval window in sheep, especially with the microcautery that was especially for this procedure.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofRevista HCPA. Porto Alegre. Vol. 19, n. 2 (ago. 1999), p. 200-204pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectUtrículopt_BR
dc.subjectUtricleen
dc.subjectVertigempt_BR
dc.subjectVertigoen
dc.subjectJanela ovalpt_BR
dc.subjectOval windowen
dc.subjectOtosurgeryen
dc.subjectProcedimentos cirúrgicos otorrinolaringológicospt_BR
dc.titleUtriculostomia : apresentação de uma nova técnica para tratamento cirúrgico da vertigempt_BR
dc.title.alternativeUtriculustomy : presentation of a new technique for the treatment of vertigoen
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb000390122pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record