Mostrar el registro sencillo del ítem

dc.contributor.authorCalza, Tiago Zanattapt_BR
dc.contributor.authorDell'Aglio, Debora Dalboscopt_BR
dc.contributor.authorCastellá Sarriera, Jorgept_BR
dc.date.accessioned2017-06-07T02:42:03Zpt_BR
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.issn1677-2970pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/159325pt_BR
dc.description.abstractO objetivo deste estudo é discutir criticamente estudos brasileiros sobre a temática dos maus-tratos, buscando-se melhor compreender as características da violência perpetrada contra crianças e adolescentes, assim como os desafios para sua notificação. Embora a legislação estabeleça a obrigatoriedade da proteção e garantia de direitos dessa população, dados epidemiológicos indicam altos índices de maus-tratos contra crianças e adolescentes brasileiros, especialmente relacionados à negligência e agressões físicas. Quanto às dificuldades para a notificação, os resultados evidenciam o despreparo de profissionais, receios de retaliação e desconhecimento do processo de notificação. Destaca-se a importância de investimentos em ações de prevenção à violência e de capacitação de profissionais, bem como a necessidade de uma maior articulação da rede de proteção.pt_BR
dc.description.abstractThe aim of this paper is to critically discuss Brazilian studies on child and adolescent maltreatment to better understand the characteristics of this violence and the challenges involved in its notification. Although legislation establishes the obligation of protection and guarantee of rights of this population, epidemiological data indicate high levels of maltreatment against Brazilian children and adolescents, especially related to neglect and physical abuse. Regarding difficulties in notification, results show professionals´ unpreparedness, fears of reprisal and unawareness of notification process. The importance of investments in violence prevention and professional qualification is highlighted, as well as the need of better articulation of the protection network.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofRevista da SPAGESP. Ribeirão Preto. Vol. 17, n. 1 (2016), p. 14-27.pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectMaus-tratos infantispt_BR
dc.subjectMaltreatmenten
dc.subjectCriançapt_BR
dc.subjectChildhooden
dc.subjectAdolescentept_BR
dc.subjectAdolescenceen
dc.subjectChildren and adolescent codeen
dc.subjectNotificação de abusopt_BR
dc.titleDireitos da criança e do adolescente e maus-tratos : epidemiologia e notificaçãopt_BR
dc.title.alternativeChildren’s and adolescents’ rights and abuse : epidemiology and notificationen
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb001015504pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Ficheros en el ítem

Thumbnail
   

Este ítem está licenciado en la Creative Commons License

Mostrar el registro sencillo del ítem