Show simple item record

dc.contributor.authorSperhacke, Simone Lorentzpt_BR
dc.contributor.authorBernardes, Mauricio Moreira e Silvapt_BR
dc.date.accessioned2017-05-06T02:40:54Zpt_BR
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/157490pt_BR
dc.description.abstractSabe-se que a inovação está diretamente ligada ao aumento da competitividade, e uma das grandes chaves para a inovação é o design. A implementação de métodos de design que favoreçam e ampliem a inovação em equipes ou setores de design pode ser feita por meio de jogos. Os jogos desempenham um papel cada vez mais importante em muitas áreas sociais, permitindo aos usuários praticar, jogar, experimentar, pesquisar e aprender em um ambiente seguro e motivador. Com esse propósito, uma ferramenta instrucional experimental em forma de jogo de tabuleiro foi desenvolvida para motivar o treinamento, desenvolvimento e aprendizagem desses métodos. Esse jogo faz parte da tese de doutorado da ufrgs até então intitulado de “Concepção de Jogo Para Treinamento, Desenvolvimento e Aprendizagem de Métodos de Design”. Este capítulo aborda o processo de transformar métodos de design em jogo, ou seja, o processo de ludificação de métodos de design e pode ser utilizado com o guia para desenvolvimento de jogos. O capítulo está dividido em 6 etapas principais. A primeira é para se entender e conhecer jogos, afinal definir sobre o que está sendo abordado é importante. Esta etapa apresenta os principais tipos de jogos, suas classificações, seu papel na história e porque as pessoas gostam de jogar. Conceitos como Homo Ludens e teorias como a de usos de gratificações e a teoria da autodeterminação serão explicados para mais informações sobre as razões pelas quais jogar é tão atraente para muitas pessoas A segunda etapa discorre sobre o que é ludificação e apresenta os principais métodos para desenvolvimento de jogos. Na etapa 3, pesquisou-se o assunto a ser ludificado, no caso, métodos de design. Entender de que forma esses métodos funcionam e podem ser aplicados é fator extremamente importante para essa etapa. Métodos e teorias de aprendizagem, treinamento e desenvolvimento serão abordados na etapa 4, haja visto que é importante se entender como as informações e conhecimentos podem ser transmitidos e assimilados de forma eficiente. Já a etapa 5 apresenta as fases de um processo de ludificação, a importância em se testar cada etapa e de que forma pode ser feito. Por fim, apresenta-se como exemplo, o desenvolvimento do jogo “A Saga das Sete Ilhas”, desde a sua concepção, passando pelas etapas descritas anteriormente, até se chegar ao modelo final a ser avaliado. Vale salientar que o jogo exemplo apresentado é um jogo analógico de tabuleiro, mas o processo pode ser facilmente adaptado para outros tipos de jogos, como jogos digitais, de mesa ou mesmo físicos.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofBernardes, Mauricio Moreira e Silva; Linden, Júlio Carlos de Souza van der (orgs.). Design em pesquisa : vol 1. Porto Alegre : Marcavisual, 2017. p. 270-294pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectJogos de tabuleiropt_BR
dc.subjectInovaçãopt_BR
dc.titleO processo de ludificação : como transformar métodos de design em jogo de tabuleiro?pt_BR
dc.typeCapítulo de livropt_BR
dc.identifier.nrb001020208pt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record